Últimas:
PR: Paralisação de Rodoviários em Ponta Grossa chega ao 4º dia

PONTA GROSSA – A paralisação de rodoviários da Viação Campos Gerais – VCG, chega ao seu 4º dia nesta segunda-feira (10), e a cidade permanece com a mobilidade urbana prejudicada. Quem precisa se locomover entre os bairros da cidade, notou que desde as primeiras horas da manhã de hoje, a região teria mais um dia de paralisação no transporte.

PR: Paralisação de Rodoviários em Ponta Grossa chega ao 4º dia - revistadoonibus

Os funcionários da Viação Campos Gerais, seguem em greve desde o dia 5 de abril, e apesar disso, mantinham a circulação dos ônibus com metade da frota, como determinou uma decisão judicial. De acordo com o Sindicato dos Motoristas, Cobradores e Trabalhadores em Empresas de Transportes Coletivos – Sintropas, os funcionários da empresa de seguem sem receber os salários, que já estão há dois meses atrasados – março e abril.

Uma decisão da 3ª Vara do Trabalho da cidade, determinou que a Viação Campos Gerais, empresa que opera o transporte coletivo municipal, pague os salários atrasados dos funcionários em até 48 horas, a partir da segunda-feira (26/4). A decisão diz que em caso de não cumprimento, a empresa de ônibus está sujeita à multa diária no valor de R$ 12 mil.

PR: Paralisação de Rodoviários em Ponta Grossa chega ao 4º dia - revistadoonibus

A ação foi ajuizada pelo Sindicato dos Motoristas, Cobradores e Trabalhadores em Empresas de Transportes Coletivos – Sintropas contra a Viação Campos Gerais – VCG. Na decisão, a empresa passa ser obrigada ainda pagar os funcionários de forma única, no quinto dia de cada mês, e não parceladamente, como vem ocorrendo desde o mês de março de 2020, quando a categoria segue recebendo seus vencimento em duas parcelas mensais, como informou o Sintropas.

Na última sexta-feira (7), a direção da Viação Campos Gerais informou que segue com dinheiro para a realização do pagamento dos funcionários referente ao mês de março, porém, por conta de uma ação judicial que bloqueou os recursos, segue impedida de fazer os pagamentos.

A empresa de ônibus entrou com um pedido para que seu dinheiro fosse desbloqueado, porém, a Justiça do Paraná, acabou indeferindo o pedido nesta última quinta-feira (6).

O Sintropas disse que os rodoviários estarão retornando ao trabalho na operação municipal dos ônibus, assim como os salários de março e abril forem pagos e que estará entrando com recurso para suspender a multa de R$ 50 mil imposta pela Justiça por dia sem transporte coletivo.

Atualmente cerca de 1.100 funcionários fazem parte do quadro da Viação Campos Gerais. A empresa pede que seus colaboradores voltem ao trabalho e cumpram o que determinou a medida judicial, que é a circulação dos ônibus. A direção da empresa informou ainda que segue tentando reverter o indeferimento do bloqueio de seus bens junto a Justiça.

Com informações da RPC TV

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: