Últimas:
Prefeitura do Rio suspende toque de recolher, libera praias e mantém restrição para ônibus de turismo

RIO – A Prefeitura do Rio informou que autorizou a liberação do uso e permanência de pessoas e do comércio nas areias das praia todos dos dias em toda a extensão do município, e com isso decretou o fim do toque de recolher que seguia em vigor, com restrição de circulação de pessoas nas ruas entre às 23 até às 5h. De acordo do a administração de Eduardo Paes, as medidas seguem válidas até o próximo dia 20 de maio.

As medidas foram publicadas em um novo decreto municipal nesta última sexta-feira (7). As restrições estavam válidas desde março, quando a prefeitura anunciou as restrições alegando tentar conter o avanço da pandemias de Covid-19 na cidade.

Fica livre ainda das restrições de horários para o atendimento em comércio e serviços, como por exemplo os bares e restaurantes. A Prefeitura do Rio informou que para esses estabelecimentos, a única restrição determinada pela administração municipal é para apresentações de música ao vivo, que só podem ocorrer até as 23h.

As lojas que estão localizadas em shopping centers seguem com restrições de atendimento em relação ao número de clientes que podem ser atendidos em tempo real. De acordo com o governo municipal, para os locais fechados, só podem atender a 40% de sua capacidade de lotação. Em locais abertos, o percentual sobe para 60%. As mesmas regras valem para casas de espetáculo e apresentações artísticas em espaços de eventos.

A Prefeitura do Rio disse ainda que o funcionamento de boates, danceterias, assim como salões de dança e a realização de festas ou de rodas de samba na cidade, seguem proibidas, seja em locais públicos ou privados.

A entrada de ônibus e vans de turismo ou fretamento na cidade do Rio, seguem proibidas, sendo liberados apenas os veículos que possui a prestação de serviço regulares para empresas, assim como a entrada de ônibus intermunicipais e interestaduais.

Com informações da Prefeitura do Rio

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: