Últimas:
PR: Ponta Grossa volta ter paralisação de ônibus nesta sexta-feira

PONTA GROSSA – Os rodoviários de Ponta Grossa, município localizado na região dos Campos Gerais do Paraná, iniciaram na manhã desta sexta-feira (7), uma paralisação total do transporte, prejudicando milhares de moradores que dependem do ônibus para se locomover pelos diversos bairros. Os funcionários da Viação Campos Gerais, seguem em greve desde o dia 5 de abril, e apesar disso, mantinham a circulação dos ônibus com metade da frota, como determinou uma decisão judicial.

Uma decisão da 3ª Vara do Trabalho da cidade, determinou que a Viação Campos Gerais, empresa que opera o transporte coletivo municipal, pague os salários atrasados dos funcionários em até 48 horas, a partir da segunda-feira (26/4). A decisão diz que em caso de não cumprimento, a empresa de ônibus está sujeita à multa diária no valor de R$ 12 mil.

A ação foi ajuizada pelo Sindicato dos Motoristas, Cobradores e Trabalhadores em Empresas de Transportes Coletivos – Sintropas contra a Viação Campos Gerais – VCG. Na decisão, a empresa passa ser obrigada ainda pagar os funcionários de forma única, no quinto dia de cada mês, e não parceladamente, como vem ocorrendo desde o mês de março de 2020, quando a categoria segue recebendo seus vencimento em duas parcelas mensais, como informou o Sintropas.

Segundo o Sindicato dos Motoristas, Cobradores e Trabalhadores em Empresas de Transportes Coletivos – Sintropas, os trabalhadores estão com salários atrasados.

A direção da Viação Campos Gerais informou pela manhã que segue com dinheiro para a realização do pagamento dos funcionários referente ao mês de março, porém, por conta de uma ação judicial que bloqueou os recursos, segue impedida de fazer os pagamentos.

A empresa de ônibus entrou com um pedido para que seu dinheiro fosse desbloqueado, porém, a Justiça do Paraná, acabou indeferindo o pedido nesta última quinta-feira (6).

O Sintropas disse que os rodoviários estarão retornando ao trabalho na operação municipal dos ônibus, assim como os salários de março e abril forem pagos e que estará entrando com recurso para suspender a multa de R$ 50 mil imposta pela Justiça por dia sem transporte coletivo.

Atualmente cerca de 1.100 funcionários fazem parte do quadro da Viação Campos Gerais. A empresa pede que seus colaboradores voltem ao trabalho e cumpram o que determinou a medida judicial, que é a circulação dos ônibus. A direção da empresa informou ainda que segue tentando reverter o indeferimento do bloqueio de seus bens junto a Justiça.

Até o início da tarde desta sexta-feira, não possível ver ônibus circulando na cidade.

A Prefeitura de Ponta Grossa, ainda não se manifestou sobre a paralisação dos ônibus.

Com informações da RPC TV

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: