Últimas:
RJ: Rodoviários da Nova Faol paralisam atividades nesta quinta-feira

NOVA FRIBURGO – Os funcionários da empresa Nova Faol, realizam na manhã desta quinta-feira (29), uma paralisação do transporte municipal. A empresa é a única que opera as linhas municipais em Nova Friburgo. Nesta última terça-feira (27), a Prefeitura de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, publicou na edição do Diário Oficial do município o aviso de dispensa de licitação para contratação emergencial de empresa para administrar o transporte público.

Os rodoviários temem que com a saída da empresa de ônibus da cidade, centenas de empregos possam ser perdidos. Uma reunião realizada na noite desta última quarta-feira (28), entre representantes dos rodoviários e o Prefeito Johnny Maycon, porém não houve acordo.

Em relação a contratação da nova empresas de ônibus, a administração municipal informou que as propostas serão recebidas até o dia 7 de maio, por meio eletrônico. O prazo de contrato será de 12 meses, e a prefeitura estipulou a tarifa em R$ 4,20 mais subsídio de até R$ 300 mil. Não será cobrada outorga.

O termo de referência prevê apenas gratuidade para estudantes, idoso com mais de 65 anos e pessoas com deficiência.

Os rodoviários temem que a empresa deixa a cidade e com isso, ocorra uma demissão em massa, uma vez que a direção da empresa já notificou o governo municipal, com a entrega de um ofício, no dia 1º de abril, informando a administração de Nova Friburgo, a devolução do serviço.

No dia 5 de abril, a direção da empresa de ônibus acabou informando que desistiu de deixar a operação municipal de Friburgo.

 A empresa encaminhou ao legislativo nesta quinta-feira (1º), um ofício informando que está deixando a cidade por conta de impasses junto a administração municipal. O documento entregue ao poder legislativo mostra os problemas enfrentados pela direção da empresa, e dava a Prefeitura de Nova Friburgo prazo de 30 dias para a adequação e troca de administração.

O governo municipal informou que todas as possibilidades de propostas à atual prestadora do serviço foram esgotadas, e que respeitando os limites impostos pelo contexto orçamentário atual, o prefeito Johnny Maycon assumiu o compromisso com a população de que Nova Friburgo não ficará desamparada no que se refere ao transporte coletivo.

Com informações da Prefeitura de Nova Friburgo e Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Anexos de Nova Friburgo

Confira mais notícias da Crise no Transporte de Nova Friburgo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: