RJ: Nova Friburgo inicia processo para contratação emergencial de empresa de ônibus

RJ: Nova Friburgo inicia processo para contratação emergencial de empresa de ônibus

27 de abril de 2021 0 Por Redação Revista do Ônibus

NOVA FRIBURGO – A Prefeitura de Nova Friburgo corre para manter a circulação de ônibus nas linhas municipais, durante uma crise no transporte da cidade. Nesta terça-feira (27), a administração municipal publicou através de uma edição extraordinária do Diário Oficial Eletrônico, aviso que está pesquisando no mercado de transporte de passageiros, uma empresa que preste o serviço na cidade, através de uma contratação emergencial, ou seja, sem a necessidade de licitação.

Foto: Reprodução de Internet

As empresas de ônibus urbanos que desejam assumir nos próximos meses, o transporte municipal de Nova Friburgo, já podem podem retirar o termo de referência e demais anexos por meio da área de licitações do site da prefeitura, ou através do e-mail cotacao8.pmnf@gmail.com. As propostas podem ser feitas até o dia 7 de maio deste ano.

Os funcionários da Viação Nova Faol, realizaram na manhã desta segunda-feira (26) com apoio do Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Anexos de Nova Friburgo um protesto na Estação Livre, no centro de cidade, onde foi informado que a categoria entrou em estado de greve. A Viação Faol, é a única empresa de ônibus que opera as linhas municipais em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro.

De acordo com os rodoviários a partir da próxima quarta-feira (28), haverá uma paralisação do transporte municipal. Os funcionários da Nova Faol, também foram para a sede da prefeitura, que está localizada na Avenida Alberto Brayne, onde foi feito uma manifestação.

Os rodoviários temem que a empresa deixa a cidade e com isso, ocorra uma demissão em massa, uma vez que a direção da empresa já notificou o governo municipal, com a entrega de um ofício, no dia 1º de abril, informando a administração de Nova Friburgo, a devolução do serviço.

No dia 5 de abril, a direção da empresa de ônibus acabou informando que desistiu de deixar a operação municipal de Friburgo.

 A empresa encaminhou ao legislativo nesta quinta-feira (1º), um ofício informando que está deixando a cidade por conta de impasses junto a administração municipal. O documento entregue ao poder legislativo mostra os problemas enfrentados pela direção da empresa, e dava a Prefeitura de Nova Friburgo prazo de 30 dias para a adequação e troca de administração.

O governo municipal informou que todas as possibilidades de propostas à atual prestadora do serviço foram esgotadas, e que respeitando os limites impostos pelo contexto orçamentário atual, o prefeito Johnny Maycon assumiu o compromisso com a população de que Nova Friburgo não ficará desamparada no que se refere ao transporte coletivo.

Com informações da Prefeitura de Nova Friburgo e Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Anexos de Nova Friburgo

Confira mais notícias da Crise no Transporte de Nova Friburgo