RS: Aumento na tarifa de ônibus de Novo Hamburgo gera reclamações

RS: Aumento na tarifa de ônibus de Novo Hamburgo gera reclamações

26 de abril de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

NOVO HAMBURGO – Os moradores de Novo Hamburgo, receberam a notícia sobre o aumento na tarifa dos ônibus municipais, que saiu do valor de R$ 3,85, para R$ 4,60, desde este último domingo, através de um reajuste autorizado pela Prefeitura, anunciado pelo governo municipal na última sexta-feira (23), com insatisfação.

O novo valor que vem sendo cobrado é válido, segundo a administração municipal para as linhas do trecho urbano da cidade, e também para o trecho rural, aumentando com isso, os custos de quem precisa se locomover pelos bairros da cidade.

A cidade que ainda não possui um sistema integrado, conta com 75 ônibus, onde 54 desses seguem em operação e outros 21 ficam como reserva. O município atende 31 linhas nos trechos urbano e rural. O número de passageiros transportado, não foi informado pela prefeitura.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação – Seduh aponta vários fatores que justificam o novo valor , entre eles, o aumento do combustível. De março de 2019 a março de 2021, o diesel teve aumento de 17,56%.

Além disso, a titular da Seduh, Roberta Gomes de Oliveira, destaca que o fato de não haver aumento de tarifa há dois anos, estando este defasado em comparação com cidades próximas.

O governo municipal informou que para manter o atendimento à população, o município contribuiu com subsídios de junho de 2020 até março deste ano.

Licitação em andamento

Desde o ano de 2019, segue no município a discussão sobre a restruturação do transporte coletivo de passageiro, depois do de 20 anos, quando ocorreu o último processo licitatório e diversas tentativa de licitação sem resultado na cidade.

O governo municipal informou que tanto a bilhetagem eletrônica, quanto a publicidade nos coletivos, estarão sob responsabilidade de uma empresa que será autorizada para realizar os serviços, e que o projeto de lei que foi encaminhado à Câmara Municipal, prevê uma tarifa de ônibus no valor máximo de R$ 5,03, podendo ser um valor menor.

Novo Hamburgo vive um momento tenso no transporte, com cenas de ônibus cheio, passageiros aglomerados e as empresas anunciando que seguem com dificuldades, após a redução no número de passageiros circulando.

Os moradores relataram em redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativo, que devido aos atrasos nos ônibus e com a redução da frota circulando, em alguns horários, não é difícil encontrar aglomerações de passageiros nos coletivos municipais.

Com informações da Prefeitura de Novo Hamburgo