Últimas:
Grande BH: Trem arrasta ônibus deixando cinco feridos em Betim

BETIM – Um acidente envolvendo um ônibus urbano da Viação Santa Edwiges e um trem, deixou ao menos cinco pessoas feridas na tarde desta segunda-feira (19), no centro de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Minas, a colisão entre o trem e o ônibus, ocorreu na passagem de nível que fica entre o Ceabe e o camelódromo, na ligação entre as ruas Amin Fares Debian e Santa Cruz, esquina com a Pará de Minas. O trânsito está interditado no local.

Foto: Corpo de Bombeiros de Minas Gerais – Divulgação

Uma equipe do Corpo de Bombeiros, assim como da Polícia Militar de Minas Gerais e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, estão no local dando apoio na ocorrência. Uma das pessoas feridas, foi o motorista do coletivo, que não teve a sua identidade revelada.

A Polícia Militar informou que algumas barracas que ficam ao lado da linha chegaram a ser atingidas pelo ônibus após o impacto.

Acredita-se que o motorista do coletivo não tenha respeitado a sinalização do cruzamento, e acabou sendo atingido pelo trem. A Polícia Civil de Minas Gerais, seguirá na investigação do motivo do acidente.

A empresa VLI, que controla a linha férrea, declarou em nota que lamenta o registro e informou que “todos os procedimentos de segurança foram adotados, como o acionamento da buzina antes do cruzamento e dos freios de emergência”. Segundo a concessionária, o local também está devidamente sinalizado e a locomotiva estava a uma velocidade de 15 km/h. “A VLI enfatiza a importância de pedestres e motoristas seguirem as orientações de “pare, olhe e escute” antes de atravessar uma linha férrea. Um trem pode demorar até um quilômetro para parar totalmente”.

A Viação Santa Edwiges que é dona do ônibus acidentado, ainda não se manifestou sobre o ocorrido, até a publicação desta reportagem.

Com informações do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Band News FM e VLI

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: