Brasília: Polícia Federal segue investigando ameaças de morte a dirigentes da ANTT

Brasília: Polícia Federal segue investigando ameaças de morte a dirigentes da ANTT

15 de abril de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

BRASÍLIA – As ameaças contra diretores da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, foi alvo de dois mandados de busca e apreensão que foram cumpridos por agentes da Polícia Federal, nesta última quarta-feira (14), em Brasília. A corporação, segue investigando o caso.

A operação que foi batizada de “Amigo da Onça”, acabou sendo autorizada pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e de acordo com a Polícia Federal, segue apurando a “suposta tentativa de intimidação de diretores e a tentativa de obtenção de vantagem ilícita por parte de pessoas e empresas com interesses financeiros em processos que correm no âmbito daquela agência governamental”.

Segundo fontes da Revista do Ônibus em Brasília, pessoas ligadas aos empresários do transporte interestaduais, que não estão satisfeitos com a abertura de mercado para empresas concorrentes em diversas regiões do brasil, estariam envolvidos nas ameaças.

Foto: Divulgação Governo Federal

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, informou através de nora que a operação “não ocorreu nas instalações da agência e nem tem como alvo qualquer servidor”. E ressaltou que “a operação não tem como foco a instituição e está sendo realizada como parte de uma investigação que visa proteger dirigentes da agência”.

Com informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT e Polícia Federal