Salvador: Funcionários da CSN encerram paralisação e voltam ao trabalho na segunda-feira

Salvador: Funcionários da CSN encerram paralisação e voltam ao trabalho na segunda-feira

3 de abril de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

SALVADOR – Os funcionários da Concessionária Salvador Norte – CSN, empresa que opera linhas municipais no bairro de Mussurunga e bairros adjacentes e que estavam paralisados desde a última segunda-feira (28/3), realizaram na manhã deste sábado (3), uma assembleia decidiram aceitar a proposta feita pela direção da empresa de ônibus, e afirma que estarão retornando a operação a partir desta próxima segunda-feira (5).

Os rodoviários acabaram aceitam um acordo referente a quitação das dívidas trabalhistas que foi feita pela Prefeitura de Salvador, e a direção da CSN, através de mediação do Ministério Público do Trabalho da Bahia – MPT/BA.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários de Salvador, os funcionários da CSN que forem demitidos, passarão receber os direitos com os recursos referente ao aluguel dos ônibus e das garagens da empresa de ônibus, pagos pela Prefeitura de Salvador, que agora é responsável pela concessão das linhas.

Em relação ao pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, tanto dos trabalhadores demitidos quanto dos que permanecerão contratados pela gestão via Reda, os valores serão quitados com os R$ 20 milhões devidos pela prefeitura à CSN, relativos ao desequilíbrio econômico do contrato de concessão. Os pagamentos serão feitos em cinco parcelas. O acordo ainda reduz de 40% para 20% a multa do FGTS.

Já os demais direitos trabalhistas de quem vai continuar empregado, bens da CSN, como ônibus e garagens, serão bloqueados pela Justiça do Trabalho para garantir o pagamento. Segundo Tiago Ferreira, cerca de 1,4 mil trabalhadores da CSN devem ser demitidos e 3 mil devem ser mantidos pela prefeitura até a realização de uma nova licitação para contratar empresa que substitua a concessionária na operação do transporte.

O acordo ainda será homologado na Justiça, mas foi comemorado por Tiago, também vice-presidente da Comissão dos Transportes da Câmara de Salvador. “É um passo importante para assegurar os direitos dos trabalhadores”, afirmou. 

Com informações do Sindicato dos Rodoviários de Salvador e Bahia Notícias

Confira mais notícias sobre a Concessionária Salvador Norte – CSN