Rodoviários de Maceió podem entrar em greve nos próximos dias

Rodoviários de Maceió podem entrar em greve nos próximos dias

1 de abril de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

MACEIÓ – Os rodoviários do transporte municipal de Maceió, poder iniciar nos próximos dias uma paralisação geral. A categoria informa que a negociação com os empresários do transporte não estão avançando. A categoria reivindica a manutenção do plano de saúde e do ticket alimentação. Por outro lado, os empresários informam que não irão custear os dois benefícios devido a queda no número de passageiros, devido a pandemia da Covid-19 e também devido a redução no valor da tarifa de ônibus, em R$ 0,30 centavos.

Nas últimas audiências ocorridas em Maceió, para conciliação realizadas pelo Ministério Público do Trabalho – MPT, onde representantes da Prefeitura e dos empresários também participaram, não houve consenso em relação a manutenção dos dois benefícios pedidos pelos rodoviários.

Uma nova assembleia está marcada para ocorrer neste próximo sábado (3), e poderá ser decisiva para uma greve no transporte municipal de Maceió. De acordo com fontes próximas da liderança sindical, há grande chances de os rodoviários paralisar as atividades em breve.

Os moradores de Maceió que costumam utilizar os ônibus diariamente, notam que mesmo com a redução no número de passageiros transportados desde o início da pandemia, falta fiscalização, já que muitos coletivos seguem circulando com aglomerações de passageiro, colocando em risco a vida dos clientes do transporte municipal, com a alta possibilidade de contágio pela Covid-19.

O presidente do sindicato dos rodoviários, Sandro Régis, disse em entrevista à imprensa que não entende a negativa do sindicato patronal já que a prefeitura apresentou uma alternativa. “A prefeitura anunciou que subsidiará em R$ 1 milhão e meio o transporte público e isentará as empresas do pagamento do ISS (Imposto sobre serviços), o que resultaria em mais R$ 1 milhão de economia para o setor. Mesmo assim elas se negaram a dar continuidade aos benefícios nos moldes em que vinham sendo pagos”, explicou Régis.

Os moradores e clientes do transporte municipal de Maceió, relatam que é comum ver cenas como as que estão sendo divulgadas nas redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativos, com ônibus lotados de passageiros, devido ao intervalo maior entre os horários, principalmente em horário de pico.

A Prefeitura de Maceió, ainda não se manifestou sobre a situação, até a publicação desta reportagem.

Com informações de Redes Sociais e Sindicato dos Rodoviários