PR: Vereadores de Apucarana aprovam redução na tarifa do transporte coletivo

PR: Vereadores de Apucarana aprovam redução na tarifa do transporte coletivo

1 de abril de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

APUCARANA – A redução na tarifa do transporte coletivo de passageiros de R$ 3,60 para R$ 3,00 foi aprovada na tarde desta quarta-feira (31), pela Câmara Municipal de Apucarana, em duas sessões extraordinárias. A votação era aguardada por milhares de moradores.

Os parlamentares discutiram, votaram e aprovaram por unanimidade, o projeto de lei nº 24/2021, de autoria do Executivo Municipal, que prevê a redução da tarifa urbana/distrital do Transporte Coletivo, com caráter excepcional e temporário, iniciando amanhã (1º de abril de 2021) e perdurando apenas enquanto estiverem mantidos os efeitos da pandemia causada pelo novo Coronavírus – Covid-19.

“A atual tarifa era de R$ 3,60. A diferença de custo, para garantir o funcionamento do sistema de transporte coletivo de Apucarana, será subsidiada com recursos municipais”, explicou o presidente do legislativo Franciley Preto Godoi, Poim. “É uma iniciativa aprovada por todos os vereadores e vereadora da base e que irá beneficiar cerca de 20 mil usuários que utilizam o transporte coletivo na nossa cidade. O transporte é um serviço essencial. Muitos dependem dos ônibus para chegarem aos seus trabalhos e também, a volta para seus lares. A economia que vão ter irá ajudar neste momento difícil que estamos enfrentando”, pontuou Poim.

Todos os vereadores e vereadora que compõem a base aliada, elogiaram a iniciativa do prefeito Junior da Femac e do vice-prefeito Paulo Vital ao encaminharem o projeto para o legislativo. “Falo em nome de todos os vereadores e da vereadora que este projeto veio no momento certo, embora enfrentamos um período difícil. Essa medida vem para ajudar muitas famílias. Temos que nos unir em oração e em ação para juntos vencermos esta pandemia”, disse o vereador Marcos da Vila Reis.

Em reunião com alguns parlamentares, o prefeito Junior da Femac afirmou que a proposta de lei foi discutida e idealizada para fazer a diferença na vida e na mesa das famílias dos trabalhadores. “Com a economia que vão obter ao pagar menos pelo transporte diário, poderão investir em alimentos, em outras necessidades básicas do dia a dia”.

O prefeito lembrou ainda que R$ 3,00 era a tarifa praticada no município há 4 anos. “O dinheiro que as pessoas economizam na tarifa do transporte continuará na cidade através de uma compra na farmácia, no mercado, quitanda, entre outras atividades”. Apucarana já pratica atualmente a menor tarifa do transporte coletivo em comparação a outras cidades do mesmo porte populacional.

Com informações da Câmara Municipal de Apucarana