RJ: Rodoviários de Petrópolis não descartam paralisação, após reunião sem acordo

RJ: Rodoviários de Petrópolis não descartam paralisação, após reunião sem acordo

20 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

PETRÓPOLIS – A crise no transporte de passageiros de Petrópolis segue com um novo capítulo. De um lado o Sindicato dos Rodoviários da cidade, que convoca assembleia na tentativa de negociar as propostas referente a data-base da categoria, de outro do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis – Setranspetro e ainda um outro grupo independente de funcionários que segue reivindicando os direitos dos rodoviários municipais.

Durante assembleias realizadas nesta última sexta-feira (19), não houve um acordo firmado, em relação das condições do reajuste, e até o momento, o Sindicato dos Rodoviários de Petrópolis, não confirmou uma greve nos próximos dias, porém, não descartou a possibilidade de uma paralisação em Petrópolis, caso não tenha um novo acordo futuro.

Um grupo de rodoviários afirmam em redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativo, que haverá paralisação em Petrópolis nesta segunda-feira (22), deixando parte da população sem orientação direta sobre como será a operação do transporte municipal no início da semana.

Entre as reivindicações do Sindicato dos Rodoviários, está o cumprimento da lei que proíbe a dupla função de motorista e cobrador, o fim da categoria de motorista júnior, assim como um reajuste de 17% no valor da cesta básica que hoje é paga no valor de R$ 265 e aumentaria para R$ 240, entre outros pontos.

Ainda de acordo com o rodoviários, os empresários do transporte de Petrópolis apresentaram uma contra proposta de reajuste salarial em 3% e o aumento da cesta básica para R$ 280, o que foi rejeitada por unanimidade durante a assembléia dos rodoviários deste última sexta-feira (19). Uma nova assembleia segue marcada pelo Sindicato dos Rodoviários para a próxima quarta-feira (24) às 10h, em sessão única, podendo iniciar a partir desta data o processo da convocação de greve.

Operação de ônibus segue garantida, diz Setranspetro

O Setranspetro informa que a operação de segunda-feira (22) está prevista para acontecer normalmente. Todo e qualquer movimento ilegal e irregular de greve será combatido com todas as medidas necessárias para que o serviço de transporte coletivo seja garantido à população petropolitana. As negociações seguem ocorrendo de forma legal, regular e respeitosa, conforme nota encaminhada pelo Sindicato dos Rodoviários, na noite desta sexta-feira (19) para a imprensa.

Por mais uma vez, o Setranspetro fica surpreso com a participação de pessoas que não fazem parte do setor rodoviário incitando a categoria a atos não regulares e ilegais. Neste momento de extrema dificuldade para a humanidade e para o município, que está com altos números de contaminados pela Covid-19, o Setranspetro espera que qualquer pessoa ou representante da própria sociedade, assuma uma postura coerente e permita que o serviço de transporte por ônibus, que é essencial para a sociedade, seja realizado sem qualquer prejuízo para os rodoviários e para a população, garantindo o deslocamento de todos, inclusive, das pessoas que procuram pela rede de saúde e também dos profissionais que trabalham na linha de frente no combate ao Coronavírus e em outros serviços essenciais.

Com informações do Sindicato dos Rodoviários de Petrópolis e Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis – Setranspetro