RJ: Cabo Frio inicia barreiras sanitárias e turismo possui sérias restrições. Ônibus de turismo seguem liberados

RJ: Cabo Frio inicia barreiras sanitárias e turismo possui sérias restrições. Ônibus de turismo seguem liberados

20 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

CABO FRIO – A Prefeitura de Cabo Frio, informou que instalou barreiras sanitárias a partir deste sábado (20), em estradas de acesso ao município, com o objetivo de controlar a entrada de pessoas e a proliferação do coronavírus. Com a medida, só entram na cidade moradores, pessoas que comprovem vínculo empregatício, turistas que apresentarem voucher de hospedagem na rede hoteleira ou nas casas legalizadas e até 40 ônibus de turismo, conforme determinado pelo Decreto Municipal Nº 6.475.

Neste sábado, as barreiras foram instaladas na Avenida América Central, na altura da Praia do Siqueira, e na Avenida Wilson Mendes, em frente ao Dormitório das Garças.

De acordo com o presidente do Comitê Executivo que coordena as ações de combate e prevenção ao coronavírus, Juarez Lopes, a decisão de instalar as barreiras sanitárias em Cabo Frio foi tomada diante da antecipação de outros municípios de endurecer as medidas restritivas.

“Diversos municípios do Estado endureceram as medidas restritivas em seus territórios, e isso pode sobrecarregar Cabo Frio com visitantes de outras cidades. Diante disso, decidimos junto com o prefeito José Bonifácio instalar as barreiras sanitárias, que vão ficar montadas diariamente. Precisamos preservar a população, já que a nossa taxa de ocupação de leitos ainda está alta”, afirmou Juarez.

Veja outras medidas que estão em vigor em Cabo Frio

  • Funcionamento do comércio de 10h às 19h, de oficinas de 8h às 18h, construção civil de 7h às 17h, serviço público de 9h às 16h;
  • Encerramento de atividades de bares e restaurantes até as 22h;
  • Transporte público não pode circular com passageiros em pé;
  • Proibido o aluguel de casas e apartamentos por temporada;
  • Barracas podem permanecer na praia, mas não é permitido cadeiras e guarda-sol;
  • Setor de hotelaria deve funcionar com 50% da capacidade;
  • Passeios de barco, boates e casas de festa estão proibidos.

O decreto ainda proíbe a permanência de pessoas nas vias, áreas e praças públicas do município no horário das 23h às 5h.

Segundo a Prefeitura, o descumprimento de qualquer das normas previstas no decreto, será considerado infração e implicará na aplicação em penas previstas para crimes de infração de determinações do poder público; advertência, apreensão, inutilização e/ou interdição do produto, suspensão de venda ou fabricação do produto, interdição parcial ou total do estabelecimento, cancelamento da licença sanitária, proibição de propaganda, imposição de mensagem retificadora, suspensão de propaganda e publicidade e/ou multa.

Com informações da Prefeitura de Cabo Frio