SP: Cotia segue com menos ônibus circulando por conta da fase emergencial

SP: Cotia segue com menos ônibus circulando por conta da fase emergencial

19 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

COTIA – Os moradores de Cotia, cidade localizada na Região Metropolitana de São Paulo, reclamam que devido a fase emergencial, imposta pelo Governo do Estado de São Paulo, onde determinou o toque de recolhe e a restrição do transporte público no período da noite e madrugada, os moradores relatam aumento no intervalo dos coletivos municipais, operados pela empresa Viação Raposo Tavares.

Acredita-se que a redução em horários de algumas linhas que a empresa de ônibus opera, tenha ocorrido em razão a baixa demanda de passageiros circulando no transporte, em decorrência da fase emergencial importa pelo governo de João Doria no Plano São Paulo.

A Prefeitura de Cotia, informou através da secretaria de transportes, que a linha 101 – Morro Grande x Portão, segue sendo operada com dois ônibus, devido a redução do número de passageiros na linha, e que todas as linhas municipais, seguem operando de acordo com a demanda de clientes.

A administração municipal informou ainda que as restrições do Plano São Paulo, são referente apenas a circulação dos ônibus intermunicipais.

Com informações da Prefeitura de Cotia