RJ: Barra do Piraí assina contrato com novas empresas de transporte público

RJ: Barra do Piraí assina contrato com novas empresas de transporte público

17 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

BARRA DO PIRAÍ – A Prefeitura de Barra do Piraí, informou que assinou contrato com representantes das empresas vencedoras da licitação para concessão do transporte público municipal. O ato ocorreu no Gabinete Municipal, na tarde desta última segunda (15). Depois de décadas, o município passa a ter um grupo, que venceu a Concorrência Pública, para a concessão prevista para valer dentro do prazo de 20 anos. Agora, o próximo passo é que as empresas possam obter linhas de crédito para a aquisição de novos ônibus, afim de cumprir com o que preconiza o edital de licitação.  

Em setembro de 2018, tendo em vista que as empresas concessionárias e sub concessionárias (Santo Antônio, Nossa Senhora Aparecida, Gran Eufrásia e Barra do Piraí) não cumpriram com determinações dadas pelo Poder Executivo para a renovação de contrato, o prefeito Mario Esteves decidiu não renovar a concessão para exploração de transporte coletivo em todo o território barrense. A partir daí, iniciava o processo de construção do novo edital de licitação para o mesmo propósito.  

Quase dois anos depois, a Concorrência Pública 002/2020 aconteceu no dia 27 de maio de 2020. Após a análise de preços e viabilidade – ambos propostos no edital de 517 páginas-, as empresas Santa Edwirges e Consórcio Barra do Piraí venceram os Lotes 01 e 02, respectivamente. Após a licitação, os trâmites burocráticos seguiram até o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, enviados a pedido da Mario Esteves, apenas para a análise.  

“Pela primeira vez na história houve congelamento nas passagens até que a nova frota pudesse existir. Desde 2017, fizemos todos os estudos no sentido de aprimorar os serviços de concessão. Mesmo tendo a concessão cancelada, a Santo Antônio recorreu às esferas jurídicas, e, como é serviço essencial, a prefeitura não poderia cancelar o mesmo, e contratar, para substituir outra. Quase dois anos depois, a Justiça deu causa ganha ao município. O processo foi rigorosamente feito com lisura, apresentado à população. Agora, com a empresa vencedora, procuraremos aplicar o estudo, na prática, e favorecer quem unicamente merece, que é a população”, frisou Mario.  

Agora, as empresas precisam cumprir alguns pontos previstos no edital, tais como nova frota e a vida útil de dez anos de todos os ônibus. Do contrário, a empresa vencedora pode ser punida com multas e anulação da concessão pública.  

“É um momento histórico para Barra do Piraí. Mexemos numa ferida, e que, mesmo dois anos depois, ela está sendo cicatrizada. Além de congelar o valor da passagem e implementá-la como a verdadeira Tarifa Única em toda a cidade, as mudanças não serão apenas na frota. Teremos linhas diferentes e uma mudança de paradigma no transporte de passageiros em nossa cidade. Toda a fiscalização será rígida, e não serão perdoadas quaisquer atitudes que venham a burlar o que preconiza o edital”, garantiu o prefeito. 

Divisão da novas linhas por lote

LOTE 01 – Viação Santa Edwirges- Areal, Química, Belvedere, São João, São José, Boca do Mato, Oficina Velha, Caixa D’Água, Coimbra, Lago Azul, Maracanã, Minuano, Horto, Santo Antônio, Vila Helena, Mesquita, Vargem Grande, Parque Santana, Guararema, Roseira; 

LOTE 02 – Consórcio Barra do Piraí (viações Expresso, AnaTur e Aparecida)- Ipiabas, São José do Turvo, Califórnia, Cantão, Asilo, Morro do Gama, Vargem Alegre e Dorândia.

Com informações da Prefeitura de Barra do Piraí