Brasília: ANTT suspende a venda de passagens pela Viação Amarelinho, após ministro do TCU apontar fraude – Vídeo

Brasília: ANTT suspende a venda de passagens pela Viação Amarelinho, após ministro do TCU apontar fraude – Vídeo

13 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

BRASÍLIA – Uma reunião telepresencial dos Ministros do Tribunal de Contas da União – TCU, realizada na última quarta-feira (10), apontou problemas junto a empresa Viação Amarelinho, que iniciou operação interestadual recentemente. Durante o Plenário Telepresencial que foi transmitido ao vivo pelo Youtube, como podemos ver no fim da reportagem, o ministro relator Raimundo Carreiro concordou com seu colega Bruno Dantas que, após se mostrar preocupado com a “magnitude” da decisão que suspendeu todas as licenças concedidas pela ANTT para transporte coletivo rodoviário desde outubro de 2019, solicitou que a análise da matéria fosse adiada em uma semana.

O Ministro Carneiro, ainda reforçou a sua decisão, ao afirmar que recebera “centenas de documentos gravíssimos” que o levaram a expedir a medida cautelar. Com o Diário Oficial da União nas mãos, edição do dia 23 de fevereiro de 2021, Carreiro citou a Viação Amarelinho.

Ele afirmou que a ANTT publicou naquela data uma série de autorizações, concedidas a uma empresa “chamada Viação Amarelinho Transporte de Passageiros”. Em seguida, mostrou aos seus colegas vários documentos que teria recebido em seu gabinete “composto por auditores e um ministro, publicado no Diário Oficial da União, [em que constava] documento emitido pela Receita Federal e pela Junta Comercial do Estado de São Paulo. Esta empresa Amarelinho está com seu CNPJ cassado pela Receita Federal…”, afirmou o relator.

Carreiro segue com o tema: ele afirma na sequência da defesa de seu voto na sessão do TCU que o documento da Jucesp afirma ainda que houve “fraude na aquisição do CNPJ da empresa” Amarelinho.

As declarações do ministro estão a partir da 1h:57m:03s

Foto: Reprodução de Internet – Site da ANTT

Após os argumentos do Tribunal de Contas da União, nesta sexta-feira (12), a Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, publicou no Diário Oficial da União, a decisão que suspende a comercialização de bilhetes.

A suspensão feita pela Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, pegou de surpresa, os passageiros e clientes da empresa de ônibus. Através de uma rede social, a Viação Amarelinho, divulgou uma nota sobre o ocorrido, como podemos ver mais abaixo.

Viação Amarelinho se manifesta

Com informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres – Diário do Transporte, Tribunal de Contas da União – TCU e Viação Amarelinho