Últimas:
São Luís: Rodoviários suspendem paralisação marcada para a próxima segunda-feira

SÃO LUÍS – Os funcionários de empresas de ônibus que operam em São Luís, decidiram suspender a paralisação do transporte que estava agendada para ocorrer na próxima segunda-feira (12). A informação é do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários No Estado do Maranhão – Sttrema.

A decisão ocorreu após uma reunião que foi realizada na manhã de hoje em São Luís.

De acordo com os rodoviários, a suspensão da paralisação ocorre devido a prorrogação do decreto estadual que passa restringir as atividades comerciais na cidade, na tentativa de conter a proliferação do novo coronavírus.

O Sttrema, em nota que “não há condições mínimas para se deflagrar um movimento grevista neste momento e causar ainda mais transtornos a população de São Luís.”

“As reivindicações dos trabalhadores Rodoviários, são justas e legítimas e mesmo a categoria sentindo na pele, todas as consequências da falta de entendimento, no que se refere a definição da Convenção Coletiva de Trabalho, os trabalhadores também entendem que uma paralisação dos ônibus na capital, poderia resultar em aglomerações e consequentemente, em uma disseminação da doença e isso, os Rodoviários não que querem”, diz a nota.

Durante a reunião do sindicato, ficou definido que ao invés de uma paralisação, as empresas de ônibus passarão por fiscalizações, na próxima semana, afim de identificar possíveis irregularidades contra os funcionários, como por exemplo, o não pagamento de salários e demais benefícios, e que caso alguma empresa seja autuada, as atividades nessas empresas serão paralisadas.

Nestas última quarta-feira (10), o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão -Sttrema, chegou anunciar uma paralisação geral de motoristas e cobradores de ônibus em São Luís por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira (15).

Com informações do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão -Sttrema

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: