Fortaleza inicia operação para coibir a circulação de ônibus e vans com finalidades turísticas

Fortaleza inicia operação para coibir a circulação de ônibus e vans com finalidades turísticas

12 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

FORTALEZA – A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta sexta-feira (12/03), mais uma operação integrada para garantir o cumprimento do isolamento social rígido na Capital. O decreto vigente proíbe a circulação de ônibus e vans para viagens e excursões com finalidades turísticas. Para evitar a entrada ou a saída de veículos similares da Cidade, ao longo de todo o fim de semana, serão fiscalizados, por meio de ações educativas, estabelecimentos pertencentes à rede hoteleira.

Foto: Reprodução de Internet – Youtube

A ação reúne Agência de Fiscalização de Fortaleza – Agefis, Guarda Municipal, Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania – AMC, Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza – Etufor e Polícia Militar do Estado do Ceará.

O superintendente-adjunto da AMC, Disraelli Brasil, reiterou o intuito da proposta. ”Tradicionalmente, há ônibus, vans e transportes de turismo que saem da Avenida Beira Mar rumo às praias do litoral leste e oeste. No entanto, neste momento de enfrentamento à Covid-19, o decreto proíbe atividades similares. Portanto, iremos visitar hotéis e pousadas de onde possam sair esses tipos de passeio, que estão proibidos”, esclareceu.

Para otimizar a logística transparente e transversal, a Prefeitura de Fortaleza segue em articulação com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará – ABIH. “Já entramos em contato com a ABIH para efetivar, administrativamente, a comunicação aos hotéis”, assegurou.

Foto: Reprodução de Internet – Youtube

As estratégias intersetoriais em execução são oriundas de constantes reuniões entre membros dos comitês Municipal e Estadual de Enfrentamento à Covid-19. “Periodicamente, realizamos encontros de planejamento, de avaliação e de ajuste. Uma vez detectadas demandas e denúncias, as forças de segurança atuam para o bem da população”, pontuou.

De acordo com a superintendente da AMC, Juliana Coêlho, o objetivo é promover a conscientização popular diante dos dados epidemiológicos vigentes, marcados pelo expressivo aumento do número de casos e de internações em virtude de infecções pelo novo coronavírus.

“Nossa estratégia inclui a atuação das equipes do Via Livre, que seguem atuando nos quatro principais acessos à Avenida Beira-Mar e estão orientadas a não permitir, além de aglomerações, a circulação de veículos similares”, reforçou.

Com informações da Prefeitura de Fortaleza