RS: Atrasos em ônibus gera aglomerações e reclamações de passageiros em Santa Maria

RS: Atrasos em ônibus gera aglomerações e reclamações de passageiros em Santa Maria

11 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

SANTA MARIA – Os moradores de Santa Maria reclamam dos constantes atrasos nos coletivos municipais que atendem o Parque Residencial Jardim Berleze. De acordo com os passageiros, os constantes atrasos, acaba gerando aglomerações de passageiros nos pontos de ônibus e até mesmo atrasos nas viagens.

Devido a lotação dos coletivos que é 50% da capacidade total, onde os veículos circulam apenas com passageiros sentados, quem precisa chegar ao trabalho, acaba se atrasando, já que os ônibus não param nos pontos quando essa capacidade é atingida.

Como o Estado do Rio Grande do Sul, segue as orientações sanitárias por conta da bandeira preta, quando há maior risco de contaminação da Covid-19, os motoristas de ônibus seguem respeitando as normais, de transportar apenas passageiros sentados.

Alguns moradores por conta do enorme atraso dos ônibus, acabam criando alternativa, e pegando o transporte por aplicativos, juntamente com amigos próximos, que seguem para o mesmo destino.

A cidade registrou nos últimos dias, passageiros seguindo viagem em pé, gerando aglomerações nos ônibus municipais, aumentando com isso as chances de maior probabilidade de contágio pela Covid-19.

A Associação dos Transportadores Urbanos – ATU, informou que sabe da existência do problema da lotação em pé, mas diz que ficou restrito à manhã de 1º de março. Até então, as empresas seguiam o regramento municipal, que permitia a permanência de 10 pessoas em pé no veículo.

Com informações da Associação dos Transportadores Urbanos – ATU e Rádio Gaúcha