SP: Prefeitura de Rio Preto  solicitou as empresas de ônibus que as desinfecções  seja feita nos coletivos

SP: Prefeitura de Rio Preto solicitou as empresas de ônibus que as desinfecções seja feita nos coletivos

8 de março de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO – A Prefeitura de Rio Preto, informou que o prefeito Edinho Araújo recebeu na manhã desta última sexta-feira (5) representantes do consórcio que opera o transporte coletivo em São José do Rio Preto e cobrou providências para o cumprimento do decreto municipal que impõe novas restrições durante a pandemia. O prefeito também solicitou que as desinfecções dos coletivos sejam feitas em intervalos menores do que as seis horas atuais, obtendo a concordância das empresas.

Os responsáveis pelas empresas de ônibus ponderaram que o movimento de passageiros se manteve elevado mesmo após as medidas restritivas, atribuindo em parte o fato ao quinto dia útil do mês, data em que tradicionalmente há uma corrida aos bancos e lotéricas.

O consórcio projeta uma queda no número de passageiros transportados na próxima semana, e solicitou apoio de guardas civis municipais para que as regras de ocupação dos coletivos sejam seguidas pelos usuários. As empresas alegam que não possuem “poder de polícia” e que parte dos usuários resiste em cumprir algumas regras, como respeitar o limite de lotação do ônibus no momento do embarque. O comando da GCM será acionado para dar suporte no terminal central, a partir de segunda-feira, priorizando a orientação aos passageiros.

Gratuidade

Segundo um levantamento apresentado pelo consórcio ao prefeito Edinho Araújo houve, nos dois últimos dias, uma grande movimentação de passageiros acima dos 65 anos, que têm direito à gratuidade do transporte, principalmente nos horários de pico. Esse segmento representou 16% do total de usuários do transporte coletivo.

O prefeito determinou que, enquanto durar a fase mais restritiva de controle da pandemia, a gratuidade para essa faixa etária seja suspensa nos horários de pico, entre 5h e 8h e entre 16h30 e 19h30, sendo mantida nas demais faixas horárias. Medida semelhante foi tomada no ano passado durante um dos picos de casos de Covid-19.

Com informações da Prefeitura de São José do Rio Preto