SC: Matriz de Risco aponta todas as regiões em estado gravíssimo para Covid-19. Transporte segue com restrições

SC: Matriz de Risco aponta todas as regiões em estado gravíssimo para Covid-19. Transporte segue com restrições

28 de fevereiro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

FLORIANÓPOLIS – O governo de Santa Catarina, informou neste sábado (17), que todo o estado e suas 16 regiões de saúde, estão com risco gravíssimo para a Covid-19. Ainda segundo o governo estadual, a situação vem se agravando dia após dia. Na semana passada, havia o registro de 15 regiões em nível gravíssimo. A última vez que Santa Catarina, entrou no estado gravíssimo para o contágio da Covid-19, foi no dia 23 de dezembro de 2020.

Em relação aos dados divulgados na semana passada, a região Carbonífera apresentou piora no cenário e foi reclassificada da situação Grave (cor laranja) para Gravíssimo.

Pela segunda semana consecutiva, a região Oeste registrou nota 4 (valor mais alto) em todos os quesitos avaliados pela matriz. A mesma situação foi verificada na região de Xanxerê. Pela primeira vez desde a criação da matriz, em julho de 2020, foram registradas duas regiões com notas 4 em todos os quesitos de avaliação.

No dia 26 de fevereiro, o estado alcançou a marca de 33.464 casos ativos. Na data da divulgação da última matriz, do dia 20 de fevereiro, eram 24.526 mil casos ativos.

“Apresentamos um cenário de aceleração em todo o Estado, sem nenhum indicativo de estabilização neste momento”, explica a analista de dados Bianca Vieira, do Centro de Operações de Emergência em Saúde.

Novas restrições em Santa Catarina

Veja, abaixo, o que está proibido com as novas restrições no fim de semana:

  • comércio de rua;
  • shopping centers, centros comerciais, galerias;
  • academias, centros de treinamento, salões de beleza, barbearias, cinemas e teatros;
  • shows e espetáculos;
  • bares, pubs, beach clubs, cafés, pizzarias, casas de chás, casas de sucos, lanchonetes e restaurantes;
  • parques temáticos, parques aquáticos e zoológicos;
  • circos e museus;
  • feiras, exposições e inaugurações;
  • congressos, palestras e seminários;
  • acesso de público a competições esportivas públicas ou privadas;
  • utilização de piscinas de uso coletivo, clubes sociais e esportivos e quadras esportivas;
  • agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito;
  • eventos, inclusive na modalidade drive-in, e as reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídos excursões, cursos presenciais, igrejas, missas e cultos religiosos;
  • serviços públicos considerados não essenciais, em âmbito municipal, estadual ou federal, que não puderem ser realizados por meio digital ou mediante trabalho remoto;
  • concentração, a circulação e a permanência de pessoas em parques, praças e praias;
  • calendário de eventos esportivos organizados pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte);
  • salões de festas e demais espaços de uso coletivo em condomínios e prédios privados;
  • aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja interno ou externo.

O que está autorizado


Veja, abaixo, o que está autorizado a funcionar:

  • Fica autorizada a comercialização de alimentos e bebidas por bares, cafés, restaurantes e similares somente no sistema de tele-entrega ou retirada no estabelecimento;
  • Fica autorizada a estratégia de saúde dos municípios do estado para vacinação contra a Covid-19 por meio de postos drive-thru.

Leia o decreto na íntegra no site o governo de Santa Catarina.

Decreto de quarta-feira

A única mudança acontece no transporte coletivo que passa a operar com 50% da capacidade e não mais em relação ao número de pessoas sentadas, como informado no documento de quarta. Os ônibus podem circular durante o fim de semana, segundo o governo do estado, desde que sigam a limitação estabelecida.

A publicação das novas medidas não altera o decreto publicado na quarta-feira (24). O texto proíbe por 15 dias a operação de uma série de atividades como as casas noturnas e de espetáculos.

Empresas de transporte coletivo da Grande Florianópolis já operam atendendo regras de decreto estadual

As empresas de transportes coletivo de passageiros da Grande Florianópolis informam que estão operando desde esta quinta-feira, dia 25, respeitando os critérios estabelecidos no decreto do Governo do Estado que tem validade por 15 dias. No fim de semana dos dias 27 e 28 de fevereiro as linhas vão circular com horários de domingo.

As empresas informam que o serviço continua disponível para toda a população, em especial aos trabalhadores da saúde e demais serviços essenciais. O acesso aos ônibus ocorre normalmente, por ordem de chegada nas paradas ou nos terminais, a exigência padrão é que todos os passageiros e funcionários devem usar máscaras durante as viagens, como informou o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo da Grande Florianópolis – SETUF.

Com informações do Governo de Santa Catarina e Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo da Grande Florianópolis – SETUF