Porto Alegre anuncia medidas restritivas para conter a covid-19. Ônibus não podem ter passageiros em pé

Porto Alegre anuncia medidas restritivas para conter a covid-19. Ônibus não podem ter passageiros em pé

25 de fevereiro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

PORTO ALEGRE – A Prefeitura de Porto Alegre, informou que para preservar empregos, manter abertas as atividades econômicas e conter o avanço da contaminação da Covid-19 na cidade, o prefeito Sebastião Melo anunciou no final da manhã desta quinta-feira, 25, conjunto de medidas de restrição e enfrentamento ao coronavírus na Capital:

1- Solicitação aos hospitais das redes pública e privada para abertura de todos os leitos possíveis, com a garantia de recursos por parte da prefeitura, conforme garantia de custeio afirmada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello;

2- Proibição do transporte de passageiros em pé nos ônibus a partir desta quinta-feira e ampliação do atendimento do transporte no horário de pico, incluindo realização de reunião extraordinária com os setores produtivos para avaliar possibilidade de acordo para escalonamento de horários;

3- Fechamento dos museus e espaços culturais da prefeitura;

4- Determinação de trabalho remoto para todas as secretarias e órgãos da prefeitura, salvo setores de serviços essenciais de atendimento à população.

Aglomerações 

Melo solicitará, ainda, ao governador Eduardo Leite a ampliação do horário de funcionamento dos supermercados, para evitar as atuais aglomerações verificadas diante do fechamento a partir das 20h, determinado pelo governo estadual.

Quanto às aglomerações em espaços públicos, o prefeito fez um pedido à população para que evite a permanência na orla e nos parques da cidade. Se forem verificados acúmulos de pessoas no fim de semana, Melo anunciou que fechará a orla a partir de domingo.

O prefeito também fez apelo à CBF para que altere o horário do jogo final da Copa do Brasil, marcado para este domingo, 28, das 16h para as 20h.

Com informações da Prefeitura de Porto Alegre