MS: PF e Força Nacional apreendem ônibus com 38 passageiros bolivianos em Corumbá

MS: PF e Força Nacional apreendem ônibus com 38 passageiros bolivianos em Corumbá

23 de fevereiro de 2021 0 Por Redação Revista do Ônibus

CORUMBÁ – Um ônibus do modelo Comil Campione DD, que foi fretado para fazer o transporte de 39 passageiros bolivianos de São Paulo, com destino a Bolívia, acabou sendo apreendido na noite desta última segunda-feira (22), quando trafegava no município de Corumbá. A abordagem ao ônibus ocorreu por volta das 2h30, por agentes da Força Nacional e Polícia Federal.

Foto: Equipe de Postura de Corumbá/MS – Divulgação

O coletivo foi parado no Posto Estras, nas proximidades da fronteira entre o Brasil e a Bolívia. O veículo seguia com os passageiros de São Paulo e de acordo com a Polícia Federal, ninguém a bordo tinha o exame de Covid-19, já que o mesmo é obrigatório a apresentação para entrar na Bolívia. Além disso, o ônibus segundo as autoridades, estava lotado, gerando aglomerações de passageiros.

Os agentes da Polícia Federal e da Força Nacional, informaram que durante a abordagem ao ônibus, havia informações inconsistentes na lista de passageiros que estavam sendo transportados, como a informação “passaporte estrangeiro”, porém, ao verificar juntos aos passageiros, os agentes da PF, conseguiu identificar apenas um passageiro com posse de seu passaporte. Já os demais passageiros, portavam apenas cédulas de identidade ou registro nacional de estrangeiro.

Foto: Equipe de Postura de Corumbá/MS – Divulgação

Uma equipe da Prefeitura de Corumbá foi acionada, e o ônibus acabou sendo apreendido e encaminhado ao pátio da prefeitura, devido o ônibus estar transporte passageiros, indo contra as normas municipais, determinadas pelo decreto nº 2.405, de 24 de setembro de 2020, no que tange o desembarque, horário de execução da atividade, a lotação do veículo e descumprir normas de biossegurança para transporte dos passageiros.

Após o prazo de cinco dias para defesa, a empresa poderá receber multa de R$ 30.050,00.

A região de fronteira entre Puerto Suárez e Puerto Quijarro, na Bolívia está fechada desde março de 2020. Um acordo de reciprocidade permite que a população de ambas transite entre elas, seguindo a determinação e leis de cada país.

A ação de fiscalização contou com agentes da Polícia Federal Força Nacional, Grupo de Fiscalização Integrada do Município – GFI, e da Agência Municipal de Trânsito

Com informações da Prefeitura de Corumbá