São Paulo: Movimento realiza protesto contra o fim da gratuidade nos transportes para idosos entre 60 e 64 anos

São Paulo: Movimento realiza protesto contra o fim da gratuidade nos transportes para idosos entre 60 e 64 anos

3 de fevereiro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO PAULO – Desde o último dia 1º de fevereiro, idosos com idades entre 60 anos e 64 anos já estão tendo que pagar as tarifas de ônibus municipais de São Paulo, assim como nos coletivos e trólebus metropolitanos gerenciados pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU, além dos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos- CPTM e do Metrô.

Foto: Reprodução de Redes Sociais

O movimento do Passe Livre de São Paulo, realizou nesta quarta-feira (3), um protesto na frente da prefeitura de São Paulo, pedindo o fim da proibição do acesso para idosos na faixa de idade de 60 a 64 anos, depois que o Governador de São Paulo João Doria e o prefeito da capital Bruno Covas, passaram a proibir o acesso ao transportes dos idosos dessa faixa etária.

A Defensoria Pública de São Paulo informou que ingressou com uma ação civil pública em 26 de janeiro de 2021, contra a Prefeitura de São Paulo e o Governo do Estado, solicitando imediatamente a continuidade do beneficio de acesso gratuito ao transporte público para idosos com idades entre 60 e 64 anos.

Com informações da Defensoria Pública, Diário de Transportes e CBN SP