BRT Rio é alvo de superlotação, ônibus sem ar condicionado e atrasos nesta terça-feira 26

BRT Rio é alvo de superlotação, ônibus sem ar condicionado e atrasos nesta terça-feira 26

26 de janeiro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – O sistema de transporte coletivo do município do Rio de Janeiro, feito pelo Consórcio BRT Rio, parece que seguirá o ano de 2021 apresentando problemas. Na manhã desta terça-feira (26), os passageiros que utilizam os ônibus articulados, enfrentaram longas filas, aglomerações em estações, ônibus lotados e sem ar condicionado entre outros problemas.

Na estação de Santa Cruz, na Zona Oeste do município do Rio, a fila para embarque era tão grande, que nesta manhã não era possível ver o fim. Os coletivos articulados, saíam lotados de Santa Cruz com direção ao Terminal Rodoviário do Alvorada, na Barra da Tijuca, também na zona oeste da cidade.

Na última sexta-feira (22), a Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro – SMTR, publicou uma nova resolução definindo medidas para organizar os ônibus e os terminais rodoviários da cidade, como forma de se evitar os riscos de contágios pela Covid-19.

De acordo com a determinação da SMTR, está a obrigatoriedade de janelas abertas em viagens de ônibus, vans, kombis, táxis e carros de aplicativos. O texto também cita outros comportamentos para reduzir a chance de contaminação nestes ambientes.

Nem a gestão de Crivella e não a gestão do atual prefeito do rio, Eduaro Paes, ainda não explicaram como estarão resolvendo os problemas dos ônibus municipais, incluindo o BRT Rio, já que os coletivos, são fabricados com janelas coladas.

A Prefeitura do Rio ainda não mencionou como será feita a fiscalização destes itens definidos pela resolução.

O Consórcio BRT Rio informou que relação a fila do BRT em Santa Cruz, o sistema segue operando com toda a capacidade e que, apesar da grave crise financeira provocada pela pandemia, continua trabalhando para manter a qualidade dos serviços.

O Rio Ônibus disse que a maioria dos veículos que circulam no Rio possui condições de circular com as janelas abertas.

Redes Sociais mostra insatisfação de clientes do BRT Rio

Nas principais redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativos, os passageiros e clientes do Consórcio BRT Rio, que pagam uma tarifa cara, reclamam da má prestação do serviço, como podemos ver abaixo.

Com informações de Redes Sociais, Prefeitura do Rio de Band News FM

Confira outras notícias sobre o BRT Rio