PR: Viação LondriSul volta operar em Londrina neste sábado. TCGL e Til seguem paradas

PR: Viação LondriSul volta operar em Londrina neste sábado. TCGL e Til seguem paradas

23 de janeiro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

LONDRINA – Em meio a paralisação dos rodoviários do município de Londrina, iniciada nesta última sexta-feira (22), a Londrisul Transportes Coletivos, também conhecida como Viação Londrisul informou que ao menos 22 ônibus de sua frota deixaram a garagem na manhã deste sábado (23). A empresa é responsável pelo chamado lote 2, o qual atende 35% da demanda de passageiros londrinenses.

Em nota, a empresa de ônibus informou que na noite desta sexta-feira (22), realizou no período da tarde, o depósito que complementa a antecipação salarial dos funcionários, afirmando que o restante já teria sido pago.

Após essa iniciativa, a direção da empresa solicitou que os funcionários retornassem a operação. Ainda no período da noite desta última sexta-feira (22), alguns ônibus já voltaram a circular.

Paralisação segue neste sábado

Apesar de parte da frota do transporte coletivo de Londrina voltar funcionar, com a retomada da operação da empresa Londrisul Transportes Coletivos, também conhecida como Viação Londrisul, os funcionários da empresa Transportes Coletivos Grande Londrina – TCGL, que é responsável por 65% da operação municipal, e a Til continuam paralisados, já que até a noite desta última sexta-feira (22), não houve acordo entre os empresários e funcionários.

A categoria que corresponde as duas empresas, segue reivindicando o pagamento do vale, que deveria ter sido efetuado nesta sexta-feira. As empresas já sinalizaram que atravessam uma situação complicada financeiramente e por conta disso, não teria efetuado os pagamentos.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina – Sinttrol, João Batista, informou que as empresas não fizeram novas propostas e que a paralisação continua. “No final do dia [deste sábado], a categoria deve se reunir para avaliar a situação e saber se a paralisação continua ou não”, disse Batista.

CMTU emite nota:

As concessionárias do serviço de transporte público coletivo, Londrisul e TCGL, foram notificadas pela CMTU para retornar imediatamente com a operação de todas as linhas do sistema de transporte, sob pena de sanções e multas contratuais.

Em resposta, a Londrisul comunicou a CMTU que fez, na tarde desta sexta-feira, o depósito complementando a antecipação salarial (vale) de seus funcionários, destacando que o restante já havia sido pago anteriormente. Informou que, diante do pagamento integral do vale, está solicitando que todos os seus funcionários retornem ao trabalho para atender a população londrinense.


A empresa TCGL, responsável pelas linhas da área 1, foi notificada por duas vezes pela Companhia para retomada imediata do serviço. Diante do não cumprimento, será aberto procedimento administrativo para aplicação das penalidades cabíveis.

As empresas TCGL e da Til ainda não se manifestaram sobre o segundo dia de paralisação de seus funcionários.

Com informações da Londrisul Transportes Coletivos, Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina – Sinttrol e Tem Londrina