RJ: Maricá anuncia que ônibus do projeto Tarifa Zero já atinge todo o município

RJ: Maricá anuncia que ônibus do projeto Tarifa Zero já atinge todo o município

21 de janeiro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

MARICÁ – O governo municipal de Maricá informou que o projeto Tarifa Zero, também conhecido como os ônibus vermelhinhos, já atinge toda a cidade. A informação foi confirmada pela Empresa Pública de Transportes – EPT.

“A concessão da empresa encerrou-se em outubro. Foi feito um termo aditivo até abril, que era o prazo que a EPT tinha para fechar o processo licitatório. A licitação com dois itens, o 3º e 4º distritos também já foi realizada e ganharam duas empresas”, explica o presidente da EPT, Celso Haddad, informando que no modelo adotado, a EPT gerencia o serviço de transporte gratuito, prestado por empresas contratadas. “A empresa Fiel fará o 3º distrito, em Inoã, e a Nossa Senhora do Amparo será a prestadora de serviço no 4º distrito, em Itaipuaçu. Ambas serão gerenciadas por nós”, completa.

O processo encontra-se na fase de homologação, para posterior assinatura do contrato. “Existe uma previsão de que comecemos a operar nesses distritos no fim de fevereiro, início de março. A perspectiva é a de que o número de deslocamentos de pessoas passe dos atuais 21 mil por dia para mais de 50 mil por dia, cobrindo todo o município”, completa Haddad.

A perspectiva da empresa também segue a política de investir em tecnologia e sustentabilidade. A EPT, o Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá – ICTIM e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico já deram o pontapé inicial para que o município avance nesta direção.

“Estamos desenvolvendo uma encomenda tecnológica para a produção de veículo ou veículos de energia limpa. Tem versões que são a hidrogênio, elétrico, de levitação sobre trilhos. Vamos buscar uma solução para a cidade que crie uma referência de transporte limpo em área urbana para o país”, esclarece o diretor-presidente do ICTIM, Celso Pansera. 

Segundo ele, em dezembro de 2019 foi assinado um memorando de entendimento com a Coppe-UFRJ, através do Laboratório de Hidrogênio com o objetivo de levar o ônibus híbrido elétrico x hidrogênio ao município, bem como o ônibus urbano escolar elétrico, nos moldes exigidos pelo FNDE e do ônibus híbrido elétrico x etanol.  

A EPT conta com uma frota que inclui 52 ônibus e um caminhão reboque. Uma quantidade considerada compatível com as dimensões do município, que tem 362 km2 de área (onde cabem Niterói e São Gonçalo juntas). Pelo formato e sustentabilidade, o modelo de Maricá já está sendo replicado em outras cidades e até no exterior. Tallin, a capital da Estônia, foi a primeira cidade da Europa a ter o programa e usou o modelo maricaense para isso. Um exemplo que tende a ser cada vez mais copiado.   

Com informações da Empresa Pública de Transportes – EPT e Prefeitura de Maricá