MG: Viação Presidente Lafaiete tem contrato rompido por má prestação de serviço

MG: Viação Presidente Lafaiete tem contrato rompido por má prestação de serviço

19 de janeiro de 2021 Off Por Redação Revista do Ônibus

CONSELHEIRO LAFAIETE – Em meio má prestação de serviço coletivo no transporte de passageiros no município de Conselheiro Lafaiete, o prefeito eleito Mário Marcus Leão Dutra, acabou rompendo o contrato com a Viação Presidente Lafaiete, na tarde desta última segunda-feira (18), decretando estado de emergência no transporte da cidade.

O prefeito de Conselheiro Lafaiete (MG) Mário Marcus Leão Dutra decretou na tarde desta segunda-feira, 18 de janeiro de 2021, estado de emergência nos transportes públicos e rompeu contrato com a Viação Presidente Ltda.

A informação foi confirmada pela Prefeitura através de seu site, onde informa que diante da forma precária como o transporte coletivo vem sendo prestado pela empresa Viação Presidente, demonstrando total falta de respeito e compromisso com a população, do não cumprimento do contrato de concessão e mediante as inúmeras reclamações dos usuários no munícipio, entende pela impossibilidade de continuidade de prestação de serviços por esta empresa.

O Executivo informa que segue atento a toda essa situação que envolve o transporte coletivo urbano e tem realizado reuniões periódicas, notificando a empresa em diversas ocasiões, visando buscar soluções para minimizar os impactos negativos e encontrar alternativas que garantam a segurança e a qualidade dos serviços aos usuários.

Considerando os notórios transtornos por que passam os usuários do transporte coletivo urbano e o não cumprimento das cláusulas contratuais, o Governo do Município decretou na tarde desta segunda-feira, 18/01, estado de urgência e a Secretaria Municipal de Defesa Social fica autorizada a realizar contratação emergencial de empresa de transporte coletivo para minimizar os transtornos e atender a população.

Decreto na Integra

Empresa atravessa crise financeira

A Viação Presidente Lafaiete segue atravessando uma crise financeira, e sem ajuda do governo municipal, segue com dificuldade no pagamento de seus funcionários que estão em greve há mais de sete dias.

A empresa disse que a pandemia da Covid-19, acabou provocando uma queda considerável de passageiros, aumentando com isso a crise financeira.

Com informações da Prefeitura de Conselheiro Lafaiete

Confira mais notícia sobre a Viação Presidente Lafaiete