RJ: Sem fiscalização do DETRO, ônibus da Tinguá circulam com vários problemas – Vídeo

RJ: Sem fiscalização do DETRO, ônibus da Tinguá circulam com vários problemas – Vídeo

14 de janeiro de 2021 0 Por Redação Revista do Ônibus

NOVA IGUAÇU – Os moradores dos bairros atendidas pela Transportadora Tinguá, que opera diversas linhas intermunicipais ligando essas regiões até a Central do Brasil, mais precisamente ao Terminal Rodoviário Américo Fontenelle, denunciam o descaso da empresa e a falta de fiscalização por parte do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro – DETRO.

Muitos desses coletivos que circulam em Vila de Cava, Cabuçu, Austin e Boa Esperança, por exemplo, estão operando com problemas no ar-condicionado. Muitos clientes da empresas relatam que ou o sistema de ar-condicionado não funciona, deixando a viagem abafada, causando desconforto, ou há uma verdadeira cachoeira, no interior dos coletivos.

Há informações ainda, de que alguns dos modelos de ônibus da empresa, seguem circulando sem funcionar o acesso exclusive para cadeirantes, bem como demais outras irregularidades, que por falta de fiscalização do DETRO, parece que deverão continuar.

O Sindicato das empresas de ônibus que representa a Tinguá, não atende as ligações, nossa equipe tentou contato na sede na empresa, sem sucesso.

Em nota, o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro – DETRO, informou que as ações nos terminais rodoviários resultaram em 1.329 coletivos multados em 2020. Entre os motivos mais recorrentes estão: mau estado de conservação, falta de selo de vistoria, documentação irregular, problemas referentes à acessibilidade, horário irregular e paralisação de linha. Diante das denúncias, iremos reforçar a fiscalização na referida linha. 

Vale lembrar que as reclamações dos usuários, recebidas por meio da Ouvidoria do Detro-RJ, são fundamentais para nortear as operações. Os cidadãos podem entrar em contato pelos seguintes canais: telefone (21) 3883-4141, e-mail – ouvidoria@detro.rj.gov.br ou pelo WhatsApp Fale Detro (21) 98596-8545.

Com informações de Redes Sociais e do DETRO/RJ