RS: Paralisação dos rodoviários de Guaíba segue sem acordo e 40% da frota deverá circular

RS: Paralisação dos rodoviários de Guaíba segue sem acordo e 40% da frota deverá circular

12 de janeiro de 2021 0 Por Redação Revista do Ônibus

GUAÍBA – A paralisação dos funcionários da Expresso Assur, seguirá nesta quarta-feira (13), pelo terceiro dia, já que a reunião com representantes dos funcionários, da empresa de ônibus e da Prefeitura, terminou sem acordo nesta terça-feira (12). Durante a mediação do Tribunal Regional do Trabalho, nesta manhã, havia uma expectativa para o fim da paralisação.

Uma nova audiência será realizada na próxima segunda-feira (18), às 18h, e até lá, segundo o presidente do sindicato dos rodoviários de Guaíba, Luis Carlos Veiga Martins, os ônibus que fazem as linhas dentro da cidade circularão com 40% da frota. A medida começa já nas primeiras horas desta quarta-feira (13), como forma de mediação do Tribunal de Justiça do Trabalho.

Os funcionários da empresa de ônibus reclamam do atraso no pagamento de salários e também de benefícios.

A empresa Expresso Assur, informou que devido a pandemia da covid-19, e por conta do transporte clandestino, a empresa acabou perdendo receita e segue sem condições de arcar com os pagamentos.

A Prefeitura de Guaíba, ainda não se manifestou sobre a situação do transporte municipal, até a publicação desta reportagem.

Com informações da Rádio Gaúcha, Band News FM e Sindicato dos Rodoviários de Guaíba