Rodoviários suspendem a greve de ônibus no Grande Recife nesta quarta-feira

Rodoviários suspendem a greve de ônibus no Grande Recife nesta quarta-feira

23 de dezembro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

RECIFE – Foi suspensa na tarde desta quarta-feira (23), pelo Sindicato dos Rodoviários do Recife, a greve de ônibus que se iniciou nesta última terça-feira (22), mesmo sem acordo entre a categoria e os empresários do transporte. Os rodoviários informaram que a suspensão, não significa o fim da paralisação. A categoria deverá trabalhar até a próxima segunda-feira (28), data que ficou agendada o julgamento do dissídio coletivo na Justiça do Trabalho.

Ainda nesta última terça-feira (22), o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) determinou que o Sindicato dos Rodoviários assegure pelo menos 50% da frota de ônibus circulando nos horários de pico na Região Metropolitana. Ou seja, das 5h às 9h e das 16h às 20h.

Nos horários de baixa demanda, a determinação é de 30% da frota circulando. Caso o sindicato dos rodoviários venha descumprir a determinação, haverá multa de R$ 100 mil, em que o valor deverá ser pago ao Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco – Urbana/PE, que entrou com ação para suspender o movimento.

Ainda segundo a determinação judicial, os rodoviários estão proibidos de fechar vias públicas ao trânsito dos ônibus conduzidos por motoristas que queiram trabalhar, assim como ao trânsito da população em geral.

No documento que é assinado pela desembargadora Dione Nunes Furtado da Silva, os rodoviários devem se abster de “praticar atos que causem prejuízos materiais às empresas, como depredação de ônibus e incêndio de veículos”, além de bloquear acessos às sedes e garagens das empresas.

Sindicato dos Rodoviários se manifesta sobre a suspensão da greve

O Sindicato dos Rodoviários do Recife, informou através de nota em “em respeito à população, coisa que nem o governo e nem a patronal têm, estamos suspendendo a greve da categoria até o dia 28 de dezembro, quando será votado nosso dissídio”.

“os rodoviários foram obrigados a entrar em greve, pois o acordo estabelecido entre patrões, governo e trabalhadores, no dia 23 de novembro, foi descumprido”.

“foi combinado o retorno dos cobradores através de uma portaria que revogava a autorização da retirada destes profissionais, que acabou sendo suspensa”.

O sindicato informou que os empresários descumpriram a estabilidade no emprego por seis meses e a reposição da inflação no salário e tíquete.

Poucos ônibus seguem circulando

De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transportes, o percentual segue nesta manhã abaixo para a demanda nos Terminais Integrados, já que a quantidade de passageiros segue maior que o número de coletivos circulando, gerando superlotação.

Na região central do Recife, o Terminal da Joana Bezerra, tinha mais movimento de coletivos, segundo os passageiros. Mesmo assim, pessoas aguardavam os ônibus e formavam filas.

Foto: Reprodução de TV

Já na Zona Sul da capital pernambucana, no terminal Integrado Afogados, passageiros se aglomeraram para tentar pegar os coletivos que chegaram.

Em Olinda, no Terminal Integrado Xambá, muitos passageiros esperavam os ônibus. Passam pelo local 15 linhas. Os passageiros reclamaram da demora dos coletivos.

Na cidade de Jaboatão dos Guararapes, no Terminal Integrado do Cajueiro Seco, também havia filas nos pontos dos terminal. As pessoas informaram que o movimento era menor do que na terça-feira, já que muita gente optou por conseguir carona ou usar transporte por aplicativo.

Com informações da Tv Globo, Sindicato dos Rodoviários do Recife e Grande Recife Consórcio de Transportes

Confira as notícias sobre a crise no transporte do Recife e Região Metropolitana