RS: Canoas segue no segundo dia de greve dos rodoviários e situação deve se estender

RS: Canoas segue no segundo dia de greve dos rodoviários e situação deve se estender

22 de dezembro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

CANOAS – A cidade de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre segue pelo segundo dia com a paralisação dos rodoviários do sistema coletivo de transporte municipal, operado pela Sociedade de Ônibus Gaúcha Ltda – SOGAL, que se iniciou nesta última segunda-feira (21), como mostramos aqui.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Canoas – Sintrocan, a categoria vai estender com a paralisação enquanto os funcionários não receberem o que é devido pela empresa de ônibus.

Uma audiência com representantes do Ministério Público do Trabalho, da Prefeitura de Canoas, bem como da empresa de ônibus e do Sintrocan, não teve um acordo, e a paralisação deve se estender para esta quarta-feira (23).

“Não chegamos a um acordo. Estávamos em estado de greve, mas agora vamos entrar em greve geral de verdade”, avisou o presidente do Sintrocan, Marcelo Nunes.

O sindicato dos rodoviários informou ainda que a empresa Sogal segue com o pagamento de salários, do 13º e acumulado do vale alimentação atrasados, e que a direção da empresa de ônibus propôs o parcelamento de parte do débito junto aos funcionários em quatro vezes a partir do mês de janeiro, o que não foi aceito pelo rodoviários.

A categoria afirmou que segue com a greve no transporte de Canoas a partir das 4h da madrugada desta próxima quarta-feira (23), mesmo sabendo dos impactos que a ação irá causar em toda a população, nos dias em antecedem o Natal.

Com informações do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Canoas – Sintrocan