Últimas:
MG: Polícia Civil realiza reconstituição do acidente com ônibus que deixou 19 mortes em João Monlevade

JOÃO MONLEVADE – A Polícia Civil de Minas Gerais realizou na manhã desta quarta-feira, o processo de reconstituição do acidente ocorrido no dia 4 com o ônibus da Localima Turismo, na altura do km 350 da BR-381, no município de João Monlevade, no interior de Minas Gerais. O acidente deixou dezenove pessoas mortas e 27 feridas. A cobertura completa, você encontra aqui.

Foto: Danilo Girundi – TV Globo

De acordo com a Polícia Civil, a reconstituição visa esclarecer os principais aspectos do acidente, que fez com que o coletivo rodoviário, despencasse do viaduto com altura de 35 metros.

“São traçar alguns parâmetros e verificar juntamente com os peritos criminais os argumentos que o motorista apresentou, fazer uma comparação entre o depoimento dele e a questão técnica de como ocorreu o acidente”, disse o delegado Paulo Tavares, responsável pelo inquérito.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal, realizaram a sinalização na rodovia, na altura do acidente. A pista foi bloqueada e passou operar no sistrema de pare e siga, ao longo do trabalho da Polícia Civil.

Foto: Reprodução de Redes Sociais

A Polícia Civil informou que o motorista da empresa Localima Turismo, identificado como Luiz Viana de Lima, esteve presente no local do acidente e chegou em uma viatura da corporação acompanhado de uma advogada.

O motorista ficou bastante emocionado no local da queda do ônibus, como informou a TV Globo.

MG: JS Turismo informou que Localima era responsável pelo ônibus que caiu da ponte na BR-381

Depois de vários dias sem se manifestar, a empresa JS Turismo, que tinha identificação junto ao ônibus modelo Paradiso G6 1200 da empresa Localima Turismo, que seguia pela BR-381 no sentido Belo Horizonte, quando acabou caindo de um viaduto na tarde desta sexta-feira (4), na altura do km 350 da BR-381, na conhecida “Ponte Torta”, deixando ao menos 29 mortos e 26 feridos, na altura do município de João Monlevade, nas proximidades da entrada para a cidade de Dom Silvério, no interior de Minas Gerais, informou através de nota nesta quarta-feira (9), que empresa Localima Transportes era a responsável pelo ônibus que sofreu acidente.

A Tv Globo que teve acesso ao documento e informou que o contrato com a empresa terminou no dia 10 de outubro.

Ainda segundo a nota da JS Turismo, a empresa Localima seguia operando viagens de forma irregular e que irá entrar na justiça.

“Vamos acionar judicialmente a empresa por usar indevidamente da marca sem autorização, possivelmente lesando os consumidores por práticas ilícitas e prejudicando quem realmente quer trabalhar de forma correta”.

Foto: Reprodução de internet

Localima se manifesta sobre parceia com a JS Turismo

O representante da empresa Localima, Flaviano Carvalho, informou que o contrato com a JS Turismo segue vigente e que a empresa está providenciado a execução do documento.

“Já estamos com os pagamentos em dia, é de uma irresponsabilidade e falta de compaixão e solidariedade com as famílias das vítimas como a JS vem agindo em se omitir em uma situação tão grave”, disse Carvalho.

O representante da empresa Localima, informou ainda que a empresa segue realizando ajuda aos familiares das vítimas do acidente em ocorrido em João Monlevade. “Não iremos fugir de nossa responsabilidade em momento nenhum”.

Com informações da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil de Minas Gerais e TV Globo

Confira a cobertura do Acidente com o ônibus da Localima Turismo em João Monlevade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: