Últimas:
Grande Recife: Rodoviários impedem a saída de ônibus sem cobrador nesta manhã

OLINDA E RECIFE – A manhã desta quarta-feira (9), segue com registro de ônibus parados na Grande Recife, após uma ação do Sindicato dos Rodoviários que verifica se a norma que proíbe motoristas de acumular a função de cobrador segue sendo cumprida. Devido ao não cumprimento, alguns ônibus seguem sendo impedido de saírem de empresas do Grande Recife na manhã.

Foto: Antonio Coelho – Reprodução TV Globo

Logo nas primeiras horas da manhã de hoje, não havia coletivos no Terminal Integrado (TI) de Xambá, em Olinda. Já no município do Recife, havia um grande número de pessoas a espera de ônibus no TI Macaxeira.

O Grande Recife Consórcio de Transportes, iniciou na quinta-feira (3), um processo de fiscalização de caráter educativo sobre a portaria do Conselho Metropolitano, que determinou a proibição do acumulo de função. A lei municipal do Recife, também veta que motoristas de ônibus, acumulem a função de cobradores.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, a empresa de ônibus Caxangá, que opera linhas em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, foi um dos alvos da fiscalização da entidade.

Ainda segundo o sindicato que representa a categoria, apenas os ônibus que operam a linha PE-15 x Afogados, teve a saída dos ônibus autorizada desde às 2h, por ser a única linha que apresenta cobrador e motorista, a bordo dos ônibus.

Outras empresas de ônibus, como Metropolitana, Transcol e Pedrosa, também recebem ação do Sindicato dos Rodoviários. A entidade informou ainda, que liberou a saída dos ônibus que tinham motoristas e cobradores, como determina a lei.

A Tv Globo mostrou por volta de 7h20, grande número de passageiros no Terminal Integrado Macaxeira. Uma das empresas que segue alvo da fiscalização está a Transcol que opera no local.

O Consórcio Grande Recife ainda não se pronunciou sobre a situação, até a publicação desta reportagem.

Com informações da da TV Globo e Sindicato dos Rodoviários do Recife e região

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: