MG: Ônibus cai de ponte em João Monlevade e deixa ao menos 14 mortos e 26 diversos feridos na BR-381

MG: Ônibus cai de ponte em João Monlevade e deixa ao menos 14 mortos e 26 diversos feridos na BR-381

4 de dezembro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

JOÃO MONLEVADE – O acidente com um ônibus de turismo que possui placa de Alagoas e que caiu de um viaduto na tarde desta sexta-feira (4), na altura do km 350 da BR-381, na conhecida “Ponte Torta”, no sentido Belo Horizonte e deixou ao menos 14 mortos e 26 feridos, na altura do município de João Monlevade, nas proximidades da entrada para a cidade de Dom Silvério, no interior de Minas Gerais.

Foto: Reprodução de Redes Sociais

“Número preliminar é de 30 feridos e 10 evoluíram para óbitos. Mas ainda estamos fazendo fechamento completo desse número”, informou o porta-voz dos Bombeiros, Pedro Aihara, em entrevista à CNN.

Ainda segundo a CNN Brasil, uma falha técnica no coletivo que subia o trecho da rodovia, fez com que o ônibus voltasse de ré, e caindo do viaduto.

As vítimas estão sendo socorridas para o Hospital Margarida, em João Monlevade. Segundo os bombeiros, cerca de 20 pessoas já foram socorridas até 15h50.

Foto: Reprodução de Redes Sociais

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, inicialmente anunciaram 11 mortos de acordo com um agente da Polícia Rodoviária Federal. Oficialmente, a PRF não confirma o número.

Diversas ambulâncias do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da região, seguem no local realizando o resgate das vítimas e direcionando os feridos para hospitais regionais de João Monlevade e Nova Era.

Foto: Reprodução de TV

O nome da empresa de ônibus, não foi informado pelas autoridades, assim como o trajeto que o mesmo fazia, antes de cair do viaduto.

Por causa do acidente, o nome da cidade foi parar entre os assuntos mais comentados do Brasil no Twitter. 

Foto: Reprodução de Redes Sociais

Governador de Minas se posiciona sobre o acidente

ANTT informa que ônibus não tinha autorização para transportar passageiros

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, informou que empresa do ônibus segue cadastrada na entidade, e possui liminar para realização de viagens, porém, o ônibus envolvendo no acidente com placa DTD-7253, não tinha autorização para transportar passageiros.

A empresa responsável pelo ônibus, ainda não manifestou sobre o acidente, até a publicação desta reportagem.

Nas redes sociais, pesquisadores em transportes, informam que o ônibus fazia a linha Mata Grande em Alagoas, com destino a São Paulo.

Tentamos contato com a empresa Localima Turismo, e da JS Turismo, sem sucesso.

Com informações da Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e CNN Brasil

.