Últimas:
Rodoviários de Manaus podem parar se não houver definição sobre o 13º salário e cobradores

MANAUS – O transporte coletivo de passageiros de Manaus, poderá parar nos próximos dias, se não houver um acordo entre os rodoviários e os empresários do transporte, sobre a permanência dos cobradores nos ônibus e uma definição sobre o pagamento do 13º salário.

Uma reunião entre os representantes da categoria e os empresários do setor, realizando na sede do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana -IMMU, nesta quinta-feira (3), não teve avanço, e as negociações permanecem sem definição.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários – STTRM, informou que uma nova reunião está marcada para a próxima sexta-feira (4), por não ter tido um consenso entre as partes.

“Os empresários fizeram uma proposta, o sindicato laboral fez uma contra proposta e não chegaram a um denominador comum.  Se caso não cheguem a uma decisão definitiva, a greve é inevitável!”, informou o STTRM. 

Atualmente a circulação dos ônibus de Manaus, seguem normalmente, como informou o Sindicato dos Rodoviários de Manaus.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas – Sinetram, ainda não se manifestou sobre a situação.

Com informações da Prefeitura de Manaus, Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários – STTRM e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana -IMMU.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: