Últimas:
SP: Ônibus da Viação Litoral Sul não rodaram nesta terça-feira por falta de combustível

ITANHAÉM – Moradores de Itanhaém, no litoral paulista, ficaram sem o transporte coletivo de passageiros, devido os ônibus da Viação Litoral Sul, não ter deixado a garagem neste terça-feira (1º), por falta de combustível, como informou o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região – Sindrod.

A administração municipal, estaria estudando uma forma, inclusive de finalizar o contrato com a empresa de ônibus, já que menos de uma semana após a paralisação dos rodoviários da empresa, que durou quase dez dia, a população, voltar enfrentar a falta de ônibus circulando na cidade.

Nas redes sociais, o prefeito Marco Aurélio – PSDB, se pronunciou em um vídeo, alegando que segue no aguardo de um parecer de uma comissão constituída por procuradores municipais em relação à caducidade do contrato, ou seja, a extinção do contrato entre o governo municipal e a empresa de ônibus.

Prefeitura de Itanhaém se posiciona sobre a situação

O governo municipal, informou através de nota que, após esse processo, será realizada a contratação emergencial de uma nova empresa para atender ao transporte coletivo municipal.

Por outro lado, o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região – Sindrod, informou que o pagamento do salário atrasado prometido até 27 de novembro foi, de fato, efetuado, mas a primeira parcela do 13º salário e o vale refeição ainda não.

Empresa comenta o assunto

A Viação Litoral Sul informou que a atuação da empresa desde o início da pandemia foi sempre discutida com a prefeitura, inclusive mediante ações e acordos judiciais, sendo de total conhecimento da administração municipal o custo e o déficit operacional do serviço.

Diante disso, a empresa já tomou as providências cabíveis – tanto na esfera administrativa quanto na judicial –, e continua trabalhando para que a situação seja saneada e solucionada em relação aos fornecedores e colaboradores. Eles informam, ainda, que, até o momento, estão sem qualquer resposta efetiva, tanto da administração municipal quanto do Judiciário.

Com informações do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região – Sindrod, Prefeitura de Itanhaém e Viação Litoral Sul

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: