Tumulto na despedida de Maradona altera linhas de ônibus de Buenos Aires

Tumulto na despedida de Maradona altera linhas de ônibus de Buenos Aires

26 de novembro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

BUENOS AIRES – A circulação dos ônibus nas proximidades da Casa Rosada, conhecido palácio do governo argentino, precisou ser alterada por falta de segurança, ao longo do velório de Diego Armando Maradona, que segue ocorrendo no local desde a manhã desta quinta-feira (26). Por volta das 16h, um intenso confronto entre os fãs do jogador e a polícia de Buenos Aires, chamou atenção, em clima tenso.

Foto: Reprodução de TV

Com o anúncio de que o velório seria encerrado às 16h, muitos fãs que estavam na fila para dar o adeus ao jogador, ficou tenso na Avenida 9 de julho.

Os agentes da polícia seguiam tentando dispersar os fãs que entravam na longa fila, que se estendia por mais de 25 quarteirões, e a resposta veio através de objetos arremessados contra o agrupamento. Duas grandes correrias foram registradas junto a um cordão de isolamento com escudos, gás lacrimogêneo e balas de borracha lançadas na direção da multidão.

Devido ao contingente inesperado de público, o governo estendeu o horário de visita do público até as 19h.

O enterro será nesta quinta-feira (26), em um cemitério na periferia de Buenos Aires, onde seus pais estão enterrados, segundo o porta-voz do ex-jogador de futebol.

Com informações da CNN Brasil, Diário AS, Canal 26 e Tyx Sportes