Tragédia em Taguaí: Ônibus seria “lotação” contratada por funcionários

Tragédia em Taguaí: Ônibus seria “lotação” contratada por funcionários

25 de novembro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

TAGUAÍ – De acordo com o portal UOL, o ônibus que pertence a empresa Star Turismo que sofreu um acidente na manhã desta quarta-feira (25), colidindo com um caminhão na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre os município de Taguaí e Taquarituba, na região de Avaré, no interior de São Paulo, seria uma espécie de “lotação”, contratada pelos funcionários da Stattus Jeans Indústria e Comercio Ltda. A informação, segundo o UOL, é do advogado da indústria têxtil, Emerson Fernandes.

Foto: Reprodução de TV

Ainda segundo Emerson Fernandes, em entrevista ao UOL, o coletivo não possuía ligação com a empresa têxtil, e que teria sido contratada pelos funcionários da indústria, como se fosse, segundo Fernandes, uma lotação para vir ao trabalho em Taguaí.

Os cerca de 45 passageiros do ônibus, moravam no município de Itaí, como informou o advogado da indústria têxtil, por outro lado, a Polícia Militar Rodoviária, informou 53 passageiros a bordo. O Corpo de Bombeiros de São Paulo que ainda seguem no atendimento da ocorrência até o meio-dia, ao menos 40 mortos foram confirmados.

Uma lista recebida pelas equipes de resgate aponta que 50 trabalhadores estariam no ônibus, além do motorista. A polícia trabalha na identificação das vítimas.

Foto: Reprodução de TV

De acordo com a TV TEM, o motorista do caminhão bitrem foi socorrido com vida e levado ao pronto-socorro de Fartura. O médico intensivista Gabriel Ortega conta que foi deslocado da UTI do hospital de Taquarituba para o pronto-socorro. De seis pacientes levados ao hospital pela manhã, dois morreram no caminho.

Por determinação do Governador João Doria, o Coordenador da Defesa Civil do Estado, Coronel Walter Nyakas Júnior, e os Secretários de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e de Saúde, Jean Gorinchteyn, estão a caminho de Taquarituba, região onde houve um grave acidente envolvendo um ônibus e um caminhão. Além de prestar solidariedade às vítimas e familiares, os secretários foram coordenar os resgates, assim como visitar os hospitais onde estão as vítimas, agilizar a liberação dos corpos e iniciar uma apuração sobre as causas do acidente.

Foto: Reprodução de TV

A Prefeitura de Taguaí decretou luto oficial de três dias nas repartições públicas do município em razão do acidente e lamentou as mortes na página oficial do Facebook.

A Prefeitura de Itaí, segue também em luto e já prepara a ajuda nos velórios dos moradores que perderam a vida no acidente.

A empresa do ônibus Star Turismo ainda não se posicionou sobre o acidente. Ficando o espaço disponível para o pronunciamento da empresa.

Com informações do UOL, Band News TV, TV TEM, CNN Brasil, Prefeitura de Itaí, Prefeitura de Taguaí e Governo do Estado de São Paulo