DF: Passageiro cai de ônibus em movimento e acaba morrendo

DF: Passageiro cai de ônibus em movimento e acaba morrendo

24 de novembro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

BRASÍLIA – Um passageiro que seguia viagem a bordo de um ônibus da Urbi Mobilidade Urbana, acabou morrendo, depois de cair do coletivo em movimento na manhã desta terça-feira (24), no Distrito Federal. O acidente ocorreu no Riacho Fundo II, por volta de 9h45.

Foto: Agência Brasília – Divulgação

De acordo com passageiro do ônibus, a porta do coletivo se abriu quando o motorista fazia uma curva, nas proximidades de um condomínio na quadra 6. O passageiro que não teve a identidade revelada, acabou sendo arremessado para fora do ônibus, batendo a cabeça em um meio-fio, morrendo no local.

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, informou que foi acionado para a ocorrência, porém, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, informou que foi constatado o óbito do passageiro.

A empresa de ônibus Urbi Mobilidade Urbana, emitiu nota sobre o acidente envolvendo um de seus ônibus com um de seus clientes, como podemos ver na íntegra abaixo.

Nota da Urbi Mobilidade Urbana

“A Urbi lamenta informar o acidente envolvendo o ônibus da Urbi e um passageiro, que ocorreu na manhã desta terça-feira, 24 de novembro, próximo ao Terminal do Caub, no Riacho Fundo II.

A equipe de sinistro foi acionada e enviada ao local, a fim de prestar apoio e iniciar a apuração das causas do acidente. A equipe aguarda a perícia no local, mas até o momento o que se sabe é que a vítima viajava sobre os degraus da porta e que, no momento da curva, as portas abriram ocasionando a queda do passageiro. O socorro foi acionado e, infelizmente, a vítima veio a óbito no local.

A Urbi lamenta profundamente o ocorrido, se solidariza com a família da vítima e ressalta que um processo administrativo foi instaurado para apurar as causas e circunstâncias do acidente. A Urbi realiza constantemente manutenção preventiva em todos os veículos e está à disposição para maiores esclarecimentos.”

Com informações do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, SAMU e Urbi Mobilidade Urbana