MS: DNIT entrega 14,6 quilômetros de pista pavimentada na BR-419

MS: DNIT entrega 14,6 quilômetros de pista pavimentada na BR-419

6 de outubro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO NEGRO – O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, informou que realizou a entrega, nesta terça-feira (06), dos primeiros 14,6 quilômetros de pista pavimentada na BR-419, no Estado do Mato Grosso do Sul. O trecho vai do km 11,30 ao km 25,90, entre os municípios de Rio Negro e Rio Verde de Mato Grosso.

Foto: DNIT – Divulgação

O empreendimento faz parte do lote 1 da pavimentação da BR-419/MS e tem a extensão de 52,5 quilômetros. O investimento total na obra será de R$ 140.224.302,72, sendo que para essa parte entregue agora – 14,6 quilômetros e mais duas pontes de concreto – foram gastos R$ 36.344.186,66.

A expectativa da Autarquia é fechar 2020 com 36 quilômetros pavimentados na rodovia federal. Assim, mais 10,4 quilômetros serão entregues até o fim do mês e outros 11 quilômetros em novembro. Os 16,5 quilômetros restantes devem ser concluídos ao longo de 2021.

Importância – A obra integra os municípios sul-mato-grossenses aos eixos de desenvolvimento da indústria, do agronegócio e do turismo da região. Empreendimentos desse porte proporcionam também melhorias no acesso à malha rodoviária, oportunizando, assim, a conexão dessas localidades à dinâmica produtiva regional, sem desconsiderar as peculiaridades de estar inserido, em parte, na planície pantaneira.

Além disso, a execução das obras é de fundamental importância para a integração socioeconômica da microrregião do Alto Taquari, Centro Norte de Mato Grosso do Sul, tendo em vista a necessidade de melhorias nas condições de trafegabilidade, aumento da velocidade de tráfego e das condições de segurança para veículos e pedestres.

BR-419/MS – A BR-419/MS é uma rodovia federal de ligação brasileira, localizada no Mato Grosso do Sul, próximo ao Pantanal. Inicia-se no entroncamento com a BR-163, em Rio Verde de Mato Grosso, segue no sentido norte-sul, atravessa cidades como Aquidauana e Nioaque e termina em Jardim.

Com informações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT