DF: Termina a paralisação de rodoviários da Auto Viação Marechal

DF: Termina a paralisação de rodoviários da Auto Viação Marechal

6 de outubro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

BRASÍLIA – A paralisação dos rodoviários da Auto Viação Marechal que deixou diversas regiões do Distrito Federal na manhã desta terça-feira (6), sem ônibus, chegou ao fim, após a empresa de ônibus anunciar que realizaria o pagamento dos funcionários. A categoria começou se mobilizar para voltar ao trabalho e finalizar o turno de forma gradativa.

De acordo com João Osório, que é o diretor financeiro do Sindicato dos Rodoviários, o compromisso é de que o pagamento seja imediato. “O movimento de greve está sendo encerrado, já que a empresa se comprometeu a pagar os 50% restantes do salário e as horas extras do mês anterior”, disse ao portal Metropole.

A Auto Viação Marechal informou que realizou todos os pagamentos e que aguardava o retorno da operação de seus funcionários. A empresa de ônibus informou ainda que a pandemia do novo coronavírus, acabou reduzindo em cerca de 60% o número de passageiros, e que a operação seguiu com 100% da frota em circulação, e que não houve redução de salários e nem suspensão de contratos de trabalho.

A nota, informa ainda que a empresa de ônibus seguirá atuando sem medir esforços para cumprir os compromissos com seus colaboradores, fornecedores e prestadores de serviço, além do pagamento de todos os impostos, porém ainda não foi encontrada solução definitiva para a sustentabilidade do serviço.

Reviravolta em Brasília

O fim da paralisação dos rodoviários da Auto Viação Marechal, não chegou ao afim. Diferente de que publicamos no final da tarde desta terça-feira (6), quando havia um suposto acordo entre a empresa de ônibus e seus funcionários, uma reviravolta no caso, já que os pagamentos dos salários atrasados, foram pagos, mas as horas extras ainda seguem pendentes, e por isso, a categoria não retornou as atividades.

Com Com informações da TV Globo, do Portal Metrópole, Band News FM, Auto Viação Marechal e Correio Braziliense