São Paulo: Alexandre Baldy volta a assumir Secretaria de Transportes após ser alvo da Lava Jato

São Paulo: Alexandre Baldy volta a assumir Secretaria de Transportes após ser alvo da Lava Jato

1 de outubro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO PAULO – O governo do Estado de São Paulo, confirmou no início da manhã desta quinta-feira (1º), que Alexandre Baldy, retoma ao trabalho no estado como secretário dos Transportes Metropolitanos. Ele foi afastado do cargo desde o mês de agosto, quando acabou denunciado na Operação Laja Jato.

Foto: Reprodução de Redes Sociais

De acordo com o Ministério Público Federal, Baldy teria praticado crimes de corrupção passiva, fraude a licitação, peculato e organização criminosa em contratações de organização social para a área da saúde de Goiás, entre os anos de 2014 e 2018, quando exerceu os cargos de Secretário de Comércio e deputado federal pelo estado, além de ministro da Cidade do governo de Michel Temer.

O Supremo Tribunal Federal suspendeu a ação penal contra Baldy em uma decisão liminar do ministro Gilmar Mendes, na semana passada. Ele determinou o cancelamento até que a Corte analise se o caso deve ser julgado pela Justiça Eleitoral de Goiás.

Mercado teme retorno de Baldy ao governo de São Paulo

De acordo com fontes próximas ao governador João Doria, diversos investidores seguem pressionando para que o governo afaste imediatamente o secretário de Transportes, Alexandre Baldy.

Ha um receio entre alguns dos investidores, que as investigações contra Baldy possam contaminar importantes processos de licitação, como os das linhas 8,9 e 17 do Metrô e também algumas empresas de ônibus.

Com informações do Supremo Tribunal Federal e Governo do Estado de São Paulo