Rio: Enfermeiro que foi baleado durante assalto a ônibus na Avenida Brasil, morreu nesta quinta-feira

Rio: Enfermeiro que foi baleado durante assalto a ônibus na Avenida Brasil, morreu nesta quinta-feira

17 de setembro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – Morreu na tarde desta quinta-feira (17), o enfermeiro que acabou sendo baleado na noite da última terça-feira (15), durante um assalto ao ônibus da Expresso Real Rio que fazia a linha 712 – Coelho Neto x Seropédica, na Avenida Brasil, no bairro de Guadalupe, na zona norte do rio de Janeiro.

Foto: Reprodução de TV

O passageiro identificado como Luiz Otávio, de 27 anos, acabou sendo levado para unidade hospitalar, após ser baleado na cabeça. De acordo com a família o enfermeiro chegou lúcido no local e acabou tendo que passar por uma cirurgia, e que seu estado de saúde era considerável grave.

Ele voltava do trabalho de ônibus, quando os marginais anunciaram o assalto ao coletivo, quando o veículo trafegava pela Avenida Brasil. Luiz Otávio estava com fone de ouvido e acabou não percebendo o assalto. Quando ele notou a ação criminosa, acabou ficando nervoso e um dos assaltantes atirou, como informou o amigo Luiz Fábio Ferreira Silva.

“A informação que a gente tem é que dois ladrões entraram no ônibus e na hora do assalto. Ele, com o fone no ouvido, não prestou atenção. Quando se deu conta, ficou nervoso e um dos rapazes falou para o outro ‘dá logo um tiro na cabeça dele’. E pegaram o aparelho de telefone dele”, disse o amigo.

Com informações da Tv Globo