Acidente com ônibus deixa 3 feridos na Zona Leste de São Paulo por embriaguez

Acidente com ônibus deixa 3 feridos na Zona Leste de São Paulo por embriaguez

26 de agosto de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO PAULO – Um acidente envolvendo um ônibus modelo Caio Millenium II da Viação Metrópole Paulista, deixou ao menos três feridos no início da madrugada desta quarta-feira (26), na Zona Leste de São Paulo.

Foto: Reprodução de TV

O motorista do coletivo que não teve a sua identidade revelada, estava alcoolizado e acabou colidindo com o ônibus, fortemente com um poste, como podemos ver na imagem acima, como informou a Polícia Militar de São Paulo.

A colisão acabou quebrando o poste de energia quebrado ao meio, derrubando inclusive, um transformar de energia, interrompendo o serviço de energia de aproximadamente 50 imóveis da região. A Enel, concessionária de energia, informou que precisou aguardar a retira do ônibus, para que pudessem realizar o reparo na rede local.

O Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência, o acidente teria ocorrido por volta de meia-noite e meia, na Rua Comendador Cantinho, no bairro da Penha. O coletivo saiu da estação do metrô Tatuapé e seguia para a estação Ermelino Matarazzo, sendo sua última viagem.

A Polícia Militar informou que três pessoas estavam a bordo do coletivo, sendo o motorista, o cobrador e um passageiro. O passageiro, um homem de 24 anos, precisou de atendimento dos bombeiros. Ele machucou o joelho e foi socorrido ao pronto-socorro do Hospital Ermelino Matarazzo.

Ainda segundo a corporação, o motorista do ônibus se recusou a fazer o teste do bafômetro, porém, isso não impediu que os militares percebessem que o mesmo estava alcoolizado.

O rodoviário foi examinado por uma equipe do Instituto Médico Legal – IML e preso, mas em seguida liberado após pagamento de fiança.

O condutor vai responder por acidente de trânsito e embriaguez ao volante.

A empresa de ônibus ainda não se manifestou sobre o acidente, até a publicação desta reportagem.

Com informações do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar de São Paulo e TV Globo