Vitória: Termina a paralisação dos rodoviários da Viação Tabuazeiro

Vitória: Termina a paralisação dos rodoviários da Viação Tabuazeiro

20 de agosto de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

VITÓRIA – Após uma paralisação do trabalho desde o início da manhã desta quinta-feira (20), os funcionários da Viação Tabuazeiro, que é uma das empresas que operam linhas municipais de Vitória, decidiram retornar ao trabalho, depois de um acordo com a direção da empresa. Já os funcionários da Viação Metropolitana, que opera as linhas intermunicipais do Sistema Transcola, ligando os municípios de Cariacica e Vila Velha, permanecem com a paralisação.

De acordo com a categoria, a paralisação desta quinta-feira, ocorreu por atrasos nos pagamentos dos funcionários. A paralisação de hoje, atingiu cerca de 140 linhas entre municipais e intermunicipais.

O Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo – Sindirodoviários, informou que os funcionários da Viação Tabuazeiro aceitaram retomar as atividades após uma reunião com representantes da empresa, durante a tarde, quando a empresa de ônibus realizou o pagamento de salários e se comprometeu a depositar o adiantamento salarial e o tíquete alimentação dos rodoviários até o próximo dia 30.

Por outro lado, o Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória – GVBus, informou que a Viação Metropolitana ainda está negociando com os trabalhadores. O GVBus disse em nota que está trabalhando junto com a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo – Ceturb-ES no remanejamento de veículos de outras operadoras para cobrir as linhas afetadas.

As linhas operadas pela viação Metropolitana interligam vários bairros de Vila Velha e faz principalmente as linhas troncais, que vão de um terminal ao outro. Ônibus que têm como destino Cariacica, Setiba e Carapina não saíram da garagem nesta quinta-feira, em função da paralisação.

Com informações da Folha Vitória, Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo – Ceturb-ES e Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória – GVBus