Petrópolis: Sem previsão de liberação do transporte intermunicipal setor pode começar demitir

Petrópolis: Sem previsão de liberação do transporte intermunicipal setor pode começar demitir

10 de agosto de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

PETRÓPOLIS – Uma manifestação de funcionários das empresas de ônibus que operam o serviço intermunicipal e de funcionários de lojas da Rodoviária do Bingen, chamou atenção na manhã desta segunda-feira (10), em frente à Catedral São Pedro de Alcântara.

Os funcionários do comércio local, bem como das empresas de ônibus temem, que seus empregos podem ser prejudicado com possível futuras demissões, já que a Rodoviária de Petrópolis que opera o serviço intermunicipal e interestadual, segue fechada para embarque e desembarque desde o dia 18 de março, por conta da pandemia da Covid-19.

Um decreto do governo municipal, segue proibindo a reabertura da da rodoviária, assim como a circulação de ônibus na cidade para partida ou chegada em linhas que ligam Petrópolis aos diversos município do Rio de Janeiro, bem como de outros estados do país, como Juiz de Fora, em Minas Gerais, São Paulo e Campo Grande no Mato Grosso do Sul.

Além dos funcionários do comércio que opera dentro do terminal rodoviário da cidade, rodoviários da Viação Unica/Fácil e Viação Progresso, que opera linha na cidade até Três Rios, também, foram vistos no protesto, que tenta pressionar a prefeitura para uma reabertura do transporte.

As linhas que ligam Petrópolis aos bairros do município do Rio, como o Centro, Zona Portuária, Madureira, na zona norte e Barra da Tijuca, na Zona Sul, assim como as linhas que saem da Rodoviária com destino as cidades de Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Cabo Frio e Niterói, também seguem prejudicadas.

Prefeitura de Petrópolis se manifesta sobre os riscos

O governo municipal informou que não há uma data específica para a reabertura da Rodoviária do Bingen e para a liberação do transporte intermunicipal e interestadual.

A Prefeitura informou ainda que desde o início da pandemia do novo coronavírus, segue com ações que visam a saúde da população de Petrópolis, ouvindo sempre os médicos, infectologistas e a Vigilância Epidemiológica, e que promove reuniões com todos os setores da economia e sociedade civil.

Frota de ônibus parada em Petrópolis

Ainda segundo nota do governo municipal, por enquanto, todos os decretos editados pelo município que proíbem a circulação dos transportes públicos intermunicipais e interestaduais continuam valendo, e que assim que a equipe da Vigilância Epidemiológica determinar o transporte intermunicipais e interestadual voltará a funcionar na cidade.

Com informações da Prefeitura de Petrópolis, Diário de Petrópolis e Tribuna de Petrópolis