TRF2 nega nega habeas corpus a Alexandre Baldy e defesa apela ao STF

TRF2 nega nega habeas corpus a Alexandre Baldy e defesa apela ao STF

7 de agosto de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO PAULO – Depois de ter o pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região – TRF2, a defesa do secretário estadual de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, que está licenciado, passou recorrer ao Supremo Tribunal Federal – STF, nesta sexta-feira (7), após a prisão temporária na Operação Dardanários, realizada em desdobramento da Lava Jato, na manhã desta quinta-feira (6).

Foto: Reprodução de TV

Ainda de acordo com a Revista Veja, a defesa de Baldy acabou protocolando uma reclamação contra a decisão do Juiz Federal Marcelo Bretas, que é o responsável pela Operação no Rio de Janeiro. O teor da reclamação não foi divulgado, devido ao segredo de justiça.

A defesa considera a prisão do secretário “arbitrária”.

O portal Antagonista informa que a defesa de Alexandre Baldy pediu a Gilmar Mendes para derrubar sua prisão temporária, decretada ontem na Operação Dardanários.

O pedido foi encaminhado ao ministro porque ele é relator de outro processo no STF envolvendo Paulo Câmara, ex-gestor da organização social Pró-Saúde.

Foto: Reprodução de TV

Doria se ‘solidariza’ com Baldy

João Doria, em coletiva, disse se solidarizar com Alexandre Baldy, seu secretário dos Transporte Metropolitanos preso.

“Lamento o ocorrido e me solidarizo com ele e sua família, mas quero lembrar que nenhum fato é vinculado ao Governo do Estado de São Paulo. Sua gestão aqui é como secretário dos Transportes Metropolitanos, que ao longo destes dezenove meses foi proba, foi correta, foi dinâmica e foi dentro das expectativas do Governo do Estado de São Paulo.”

Com informações da Record TV, Veja, Antagonista e Governo do Estado de São Paulo