Empresas de ônibus de Campina Grande poderão demitir vários funcionários, diz Sitrans

Empresas de ônibus de Campina Grande poderão demitir vários funcionários, diz Sitrans

3 de agosto de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

CAMPINA GRANDE – O transportes coletivo de passageiros de Campina Grande, no interior da Paraíba, corre o risco de entrar em colapso, gerando a demissão de vários funcionários, com a possibilidade de fechamento de algumas empresas de ônibus.

O diretor institucional do Sindicado da empresas do Serviço de Transporte Público de Passageiros por Ônibus do Município de Campina Grande – Sitrans, Anchieta Bernardino, informou na manhã desta segunda-feira (3), que empresas que operam linhas na cidade, algumas com mais de 60 anos de atuação na região, poderão fechar as portas nos próximos dias e com isso, demitir centenas de funcionários.

Ainda de acordo com Bernardino, a frota das empresas que operam linhas municipais em Campina Grande, segue operando com a frota reduzida desde o mês de março, quando começou o isolamento social, como forma de evitar a contaminação pelo coronavírus.

Ainda segundo o diretor institucional do Sitrans, as empresas que integram os Consórcios Santa Maria e Santa Verônica, podem ter que demitir cerca de 200 funcionários até o final do mês de agosto, devido a queda de arrecadação das empresas, em meio ao baixo número de passageiros transportados.

Bernardinho informou ainda que atualmente o sistema de transporte de passageiros de Campina Grande segue operando com 55% da frota nas ruas, transportando cerca de 30% dos passageiros, em relação ao número de passageiros que deveriam ser transportados, como informa o PB On Line.

Com informações do Sitrans e PB On line