MG: Rodoviários de Conselheiro Lafaiete realizam paralisação nesta quarta-feira

MG: Rodoviários de Conselheiro Lafaiete realizam paralisação nesta quarta-feira

29 de julho de 2020 0 Por Redação Revista do Ônibus

CONSELHEIRO LAFAIETE – Os funcionários da Viação Presidente Lafaiete, empresa que opera o serviço municipal, realizam desde o início da manhã desta quarta-feira (29), uma paralisação por estarem com os salários atrasados. Assim como em outras cidades, as empresas de ônibus atravessam uma situação complicada com a redução no transporte de passageiros.

Nos bastidores do governo municipal de Conselheiro Lafaiete, há quem diga que a prefeitura já articula a possibilidade de contratar vans escolares, para seguir com o transporte coletivo de passageiros, até uma nova licitação possa ocorrer.

Em entrevista ao Correio On Line, o Vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Pedro Henrique, disse que a situação dos funcionários da empresa de ônibus é complicada.

“Decidimos fazer a paralisação por falta do pagamento, que venceu no dia 5, e do adiantamento vencido no dia 25 também. Todos os funcionários aderiram à manifestação”, disse.

Ainda de acordo com Pedro Henrique, o sindicato teria tentado negociar junto a empresa de ônibus, que segue sem realizar o pagamento da categoria que venceu no dia 5, e como não houve avanço, os funcionários resolveram cruzar os braços.

O vice-presidente do sindicato disse ainda que na última sexta-feira (24), foi foi divulgado um aviso no quadro de funcionários, afirmando que a empresa iria pagar tanto o salário, quanto o adiantamento que estavam atrasados.

O Sindicato dos Rodoviário, esclarece que se faz necessário que os funcionários da Viação Presidente Lafaiete, mantenham ao menos parte do serviço funcionando, como ocorre, quando há aviso de greve, divulgada pela entidade, com 48h de antecedência, já que essa paralisação partiu de funcionários da empresa de ônibus, e não do sindicato da categoria.

A Viação Viação Presidente Lafaiete ainda não se manifestou sobre o assunto, ficando o espaço aberto para informações sobre que ações a empresa segue adotando para resolver o problema da paralisação.

Com informações da Prefeitura de Conselheiro Lafaiete e Sindicato dos Rodoviários